Apoie com um cafezinho
Olá visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Opinião

O livro da minha vida

ENTREVISTA

Como caminhar em um mundo cada vez mais confuso e ausente de referências? Não é fácil. Nem o Cristianismo e seus líderes estão imunes a isso. Por isso, cada vez é necessário contar com a Bíblia como o instrumento de Deus para nos ajudar a trilhar as direções certas. Mas será que a Bíblia ainda gera interesse? Com a crise econômica e política que afeta o país, as Escrituras estão sendo deixadas de lado?

A propósito do Dia da Bíblia, que será comemorado neste domingo, dia 13, conversamos com o Rev. Erní Walter Seibert, secretário de Comunicação e Ação Social da Sociedade Bíblica do Brasil (SBB). A SBB é uma das referências mundiais na impressão e distribuição da Bíblia. A Gráfica da Bíblia, por exemplo, existe há 20 anos e já produziu 140 milhões de Bíblias e Novos Testamentos.

Nesta entrevista, Erní conta como a Bíblia é importante na vida de tantas pessoas, inclusive, na dele mesmo. “A Bíblia Sagrada é o livro da minha vida”, disse ele.

***
Portal Ultimato - Neste domingo, a SBB comemora o Dia da Bíblia. Com perseguições e ataques terroristas, 2015 não foi um ano fácil para o Cristianismo. Há motivos para comemorar?

Rev. Erní - A palavra “comemorar” é muito adequada para o Dia da Bíblia. Na sua etimologia ela significa “trazer à memória” (co-memorare). É isso que se pretende com o Dia da Bíblia – trazer à memória a importância da Palavra de Deus e agradecer por este presente tão precioso que nos foi dado. É verdade que no sentido popular de comemoração está a ideia de fazer festa. Num ano difícil como o que está terminando, não há tanto motivo para fazer festa. Mas certamente há muito motivo para trazer à memória, lembrar a Palavra de Deus.

Portal Ultimato - Em termos de distribuição de Bíblias, o Brasil é campeão mundial. E em 20 anos da Gráfica da Bíblia, foram produzidos 140 milhões de Bíblias e Novos Testamentos. Você acha que o brasileiro está mais interessado em Deus?

Rev. Erní - Todas as questões de fé são difíceis de medir. É difícil saber se alguém crê muito ou pouco. É difícil saber se a fé é sincera ou fingida. Não há instrumento para medir isso. Mas pode-se medir a distribuição da Bíblia Sagrada. Verificar quantos exemplares foram distribuídos é uma medida objetiva. Como aparentemente ninguém compra Bíblias e as distribui apenas para gastar seu dinheiro, o fato de distribuirmos cada ano mais Bíblias é um indicador de que as pessoas estão em busca de Deus. É muito importante que as Igrejas e Organizações Cristãs, além de incentivarem as pessoas a terem a Bíblia, também as incentive a lerem. Isso aproximará as pessoas de Deus.

Portal Ultimato - Representantes do Governo da China visitaram a SBB. Como a China é um país ainda com sérias restrições ao Evangelho, podemos imaginar que as coisas estão melhorando lá para os cristãos? Você é otimista?

Rev. Erní - A China é um país enorme e com enormes diferenças regionais. Isso também é verdade sobre a presença religiosa. Nas diferentes regiões da China o quadro religioso também é diverso. Nos últimos anos ocorreram grandes mudanças na China. Ela se abriu para a industrialização e hoje é uma das economias mais fortes do mundo. A fé cristã também cresceu muito. Possivelmente, a China seja um dos países em que, em números absolutos, há mais cristãos. Percentualmente a presença ainda é pequena, mas a Igreja na China cresce muito. As Sociedades Bíblicas Unidas têm uma parceria na China que lhes permite distribuírem oficialmente mais de 3 Milhões ao ano. Isso é algo extraordinário. Não é que sejam tempos fáceis para a Igreja, mas certamente estão ocorrendo grandes oportunidades de divulgação da fé cristã naquele país.

Portal Ultimato - Você certamente tem acesso a muitas histórias bonitas de como Deus tem transformado vidas a partir do contato e da leitura das Escrituras. Você poderia compartilhar conosco algumas destas histórias?

Rev. Erní - As histórias, de fato, são muitas. Vou citar três que testemunhei. Um homem ficou cego quando tinha mais de 50 anos. Achou que sua vida tinha terminado. Ele foi encaminhado para uma reunião onde se falou da Bíblia em braile. Ele aprendeu braile, agora lê a Bíblia e sua vida voltou a fazer sentido. Outro homem, visitei num presídio. Tinha mais de 60 anos. Recebeu de presente uma Bíblia. Disse que queria mudar sua vida. Reconheceu que desperdiçou a vida no mundo do crime. Ele reconhecia na Palavra uma oportunidade que Deus estava lhe dando para restaurar sua vida. Uma senhora, também desta faixa etária, procurou por um curso de alfabetização. Ela queria aprender a ler para poder ler a Bíblia Sagrada. A Bíblia realmente transforma vidas.

Portal Ultimato - Há também gente santa que não mede esforços para compartilhar a Bíblia. Neste ano, a SBB publicou, inclusive, um livro histórico sobre estes “heróis” (Semeadores da Palavra). Você poderia nos apresentar alguns destes irmãos e irmãs? Há “heróis” atuais?

Rev. Erní - Ao longo da história muitas pessoas dedicaram sua vida para difusão da Bíblia Sagrada. Entre estas pessoas há muitos mártires. Isso ainda ocorre hoje. No livro Semeadores da Palavra, o Rev. Giraldi conta histórias de pessoas que fizeram este trabalho no Brasil. Estas pessoas continuam existindo. Elas estão em toda parte, no espaço público, nas casas, nas escolas, não medem esforço para levar a Palavra de Deus a todos. Muitos são anônimos. Mas Deus os conhece. Existem pessoas que regularmente compram caixas de Bíblias para distribuir. A Sociedade Bíblica do Brasil tem um programa chamado “Sócio Evangelizador”. Estas pessoas mensalmente distribuem literatura bíblica.

Portal Ultimato - O Brasil passa por uma crise econômica e política. Só se fala nisso. Podemos dizer que em tempos de crise, as pessoas procuram mais a Bíblia?

Rev. Erní - Se considerarmos a crise como oportunidade para mudança, certamente a Bíblia é muito necessário na hora da crise. Na crise econômica que estamos vivendo, os pobres são os mais afetados. Eles precisam do consolo e do conforto da Palavra de Deus. Mas os que podem mudar os rumos da crise, precisam dessa mesma Palavra para orientar suas decisões com justiça. Na Guatemala, este ano, antes da eleições naquele país, as Igrejas fizeram uma campanha pública com os seguintes dizeres em forma de oração: “Senhor, orienta-nos para que possamos eleger pessoas que não sejam corruptas.” A Bíblia pode ajudar muito a conduzir um país para uma caminho de paz e justiça.

Portal Ultimato - Assassinatos, drogas, abusos, delinquência, racismo... tudo isso está muito presente na juventude ou a juventude é vítima de tudo isso. Como a SBB se relaciona com a juventude? Quando um jovem buscar a Palavra de Deus, o que ele pode encontrar lá?

Rev. Erní - A SBB têm várias ações para ajudar os jovens. Por um lado, publica Bíblias voltadas ao público jovem. Bíblias de estudo com notas onde ressalta ensinamentos bíblicos especialmente voltados aos temas que mais afetam a vida do jovem. Por outro lado têm programas para incentivar os jovens a se engajarem com a Bíblia. Um exemplo é o programa “Jovem Evangelizador”. Este programa incentiva o jovem a se envolver com a Causa da Bíblia, tanto estudando a Palavra como ajudando a distribuí-la. Finalmente para os jovens com problemas com drogas, existem publicações e programas voltados para a recuperação.

Portal Ultimato - Como as pessoas podem participar das comemorações do Dia da Bíblia?

Rev. Erní - Em primeiro lugar sempre recomendamos que cada Igreja dedique o Culto do Segundo Domingo de Dezembro para comemorar o Dia da Bíblia. Louvar a Deus pelo dom de sua Palavra e testemunhar publicamente do seu valor é a melhor comemoração. Além disso, sempre pedimos que as Igrejas e os cristãos ofertem para a Causa da Bíblia enviando esta oferta para manutenção dos programas da Sociedade Bíblica do Brasil. A SBB foi criada pelas Igrejas. E muito mais pode e precisa ser feito para que a Bíblia chegue a todos. Dependemos das ofertas. [acesse o site sobre o Dia da Bíblia]

Portal Ultimato - Já estamos em dezembro. É possível fazer um balanço dos resultados da SBB neste ano? E que novidades a SBB planeja para 2016?

Rev. Erní - Embora ainda não tenhamos fechado as estatísticas do ano, já podemos ver que os níveis de distribuição das Escrituras Sagradas ficaram próximos aos do ano passado. Em ano de dificuldades econômicas isso já é uma boa notícia. Além disso, nos programas bíblicos de impacto social mantidos pela SBB, também pudemos ver crescimento. O Brasil é uma grande lavoura madura para colheita. Devemos continuar orando para que Deus envie ceifeiros para este trabalho.

Portal Ultimato - Por fim, conte-nos com você se encantou com a Bíblia. Que diferença a Palavra faz em sua vida?

Rev. Erní - A Bíblia faz parte da minha vida. Quando criança, meus pais faziam o culto doméstico. Ali, todo o dia, a Bíblia era lida em família. Ao final do que hoje seria o ensino fundamental, senti o chamado para dedicar minha vida ao serviço de Deus. Me encaminhei para o pré-seminário no estudo médio e fiz teologia.

O estudo da Bíblia tem dois aspectos. De um lado, está o rigor técnico e científico no estudo. De outro lado está a aplicação à vida. A Bíblia sempre tem me ajudado nas horas mais difíceis, servindo de orientação e conforto. Também ensinei minha família no caminho destas verdades. Sem dúvida alguma, a Bíblia Sagrada é o livro da minha vida.

Leia também
Para Entender a Bíblia (John Stott) 
A Bíblia Toda, O Ano Todo (Devocional)
Lendo as Escrituras com os Pais da Igreja 
Equipe Editorial Web
  • Textos publicados: 1174 [ver]

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Leia mais em Opinião

Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.