Apoie com um cafezinho
Ol? visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Por Escrito

Deus escuta e responde às nossas orações

Um Dia de Cada Vez
Por Jan Greenwood

Recentemente fui convidada a falar num acampamento de jovens sobre oração e confesso que me senti muito incapaz. Quando pensamos em oração, lembramos das lindas orações do apóstolo Paulo em suas cartas. São tão eloquentes! Eu admiro muito estas orações, mas confesso que eu não sei orar assim.
 
Quando morei perto da casa do Reverendo Elben César percebi que ele acordava cedo para orar. Da janela do meu quarto dava para ouvi-lo orando em voz alta em seu escritório! Admirei-o e também o seu livro Súplicas de Um Necessitado.  É um dos livros sobre oração mais sinceros que eu já li. Na verdade, não é um livro sobre oração, mas um livro de orações!
 
Ainda assim, considero-me uma pessoa de oração. Tenho o hábito de acordar cedo pensando em Deus, dizendo “bom dia” a ele, e de orar todas as manhãs após a leitura da Bíblia. Minhas orações são simples, com palavras simples. 
 
Aprendi que Deus escuta as nossas orações e quando estamos dispostos a orar, ele nos dá um toque para que oremos em determinados momentos. 
 
Lembro-me da ocasião em que acordei no meio da noite e, de repente, pensei em uma amiga que estava prestes a dar à luz o seu primeiro filho. Orei por ela com muito fervor, pedindo a Deus que Ele a ajudasse no parto. E quando acordei, na manhã seguinte, a mãe dela me ligou para falar que nascera uma menina. E quando? Justamente na hora em que Deus me acordou. 
 
Lembro-me também de quando minha filha estava na faculdade, sentindo-se muito desanimada, solitária e sem esperança. Eu percebi isso e orei, pedindo a Deus que a socorresse. Orei chorando por ela. Algum tempo depois, ela me ligou e contou que estava andando quando viu uma mulher idosa tentando atravessar a rua que estava muito movimentada. A minha filha ofereceu ajuda a ela e as duas atravessaram juntas. Em seguida, a mulher colocou as mãos no rosto da minha filha e disse: “Deus te ama muito e está ao teu lado”. Num momento de tanto desespero, Deus a encontrou através de uma mulher idosa, e exatamente na hora em que eu estava orando. 
 
Deus escuta e responde às nossas orações. 
 
E não precisam ser orações eloquentes ou longas. Somos necessitados e o convite do salmista é que simplesmente abramos o nosso coração para Deus: “Confie nele em todos os momentos, ó povo; derrame diante dele o coração...” (Sl 62.8). Derrame diante dele o coração. É só isso que precisamos fazer. Naquela hora da madrugada, quando acordamos sem sono (ó bendita menopausa!); quando, de repente, sentimos muita falta do filho que está longe (ou do neto/neta); quando estamos mais uma vez lavando louça (podemos passar o tempo orando por todos que não têm comida, nem casa); quando passamos roupa (aprendi a orar por cada pessoa a qual a roupa pertence). “Preciosas são as horas na presença de Jesus.”1 
 
Quero compartilhar uma poesia que conheço desde a minha adolescência, de um autor desconhecido, escrita em inglês, e traduzida por mim. 
 
Acordei cedo uma manhã 
e corri logo para o dia;
Eu tinha tanto a fazer 
que não tive tempo de orar.
  
Problemas caíram sobre mim, 
e mais pesada veio cada tarefa.
"Por que Deus não me ajuda?"
Ele respondeu: "Você não pediu".
 
Eu queria ver alegria e beleza, 
mas o dia continuou cinzento e sombrio;
“Por que Deus não me mostra?” 
Disse ele: "Mas você não procurou".
 
Tentei entrar na presença de Deus; 
Eu usei todas as chaves na fechadura.
Deus gentil e carinhosamente repreendeu, 
"Meu filho, você não bateu".
 
Acordei cedo esta manhã, 
e parei antes de entrar no dia;
Eu tinha tanto a fazer 
que tive que ter tempo para orar.

Nota
1. Ellen Lakshmi Goreh

 
• Jan Greenwood é casada com Philip, tem três filhos (FMs) e quatro netos (NFs), é missionária inglesa com Latin Link no Brasil desde 1992. É professora na Escola de Missões do CEM (Centro Evangélico de Missões) e membro da equipe coordenadora de Philhos/CIM Brasil/AMTB. Mora em Viçosa, MG. É autora do livro Famílias em Direção ao Campo e da apostila Minha Aventura pelo Mundo (agora disponível também em espanhol).

 

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Leia mais em Por Escrito

Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.