Apoie com um cafezinho
Ol? visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Prateleira

Uma reflexão em homenagem à mulher

Durvalina Barreto Bezerra

Um dos textos mais citados quando se discorre sobre as virtudes femininas é o de Provérbios 14.1: “A mulher sábia edifica a sua casa”. Sem sabedoria é impossível viver bem como pessoa, como mãe, como esposa, como profissional, como missionária, porque a sabedoria deve ser a prática de toda a vida.

A mulher sábia constrói a sua casa, formando a consciência cristã de seus filhos. Ela os instrui com os elementos da sabedoria para torná-los “sábios para a salvação mediante a fé em Cristo Jesus” (2 Tm 3.15), como Eunice e Lóide souberam fazer na educação de Timóteo. Formaram nele a verdade que se estabelece em princípios morais e espirituais. Valores que definem as atitudes e direcionam as escolhas. Assim Timóteo aprendeu as “Sagradas Letras”.

A mulher sábia é a educadora de seus filhos que, segundo a instrução divina em Deuteronômio 6, ocupa-se em transmitir os preceitos do Senhor na dinâmica da vida, na informalidade do dia-a-dia, mas com objetividade e clareza.

A mulher sábia contribui para edificação da Igreja e para expansão do evangelho na terra. Como parte do corpo de Cristo, ela deve estar pronta para servir com o dom e a vocação que recebeu do seu Senhor. Como Maria, deve haver prontidão para dar o seu sim para o cumprimento dos propósitos divinos na história dos homens. “A vida de Maria mostra que as coisas grandes, as coisas importantes, sempre começam com alguém dizendo sim a Deus e, depois, continuando a dizer um sim de cada vez. Quando você tem em mente que toda sua vida é um campo sagrado, mantém-se aberta às oportunidades maravilhosas que ele planejou para você.” 1

Somos chamadas para servir e só há realização pessoal quando assumimos o nosso papel e nos colocamos à disposição do Senhor para fazer tudo aquilo que nos vem às mãos, a fim de que a sua vontade seja feita na terra como é feita nos céus.

A mulher sábia contribui para a construção de uma sociedade mais justa. Com o uso dos seus dons e talentos, no exercício da sua profissão, ela coopera para o bem-comum no dever de promover a justiça, a paz e a retidão. Ela luta como uma cidadã consciente de seus direitos e deveres porque atende à exortação paulina: “Exerçam a sua cidadania de maneira digna do evangelho de Cristo” (Fp 1.27).

Hoje a mulher está presente em todos os segmentos da sociedade, ocupando cargos de liderança e tendo a oportunidade de influenciar o seu contexto. Ela pode ser um elemento de mudança no mundo atual. “Nada contribui mais para dar um sentido à vida do que tomar consciência de nossa missão. E a tomada de consciência de nossa missão está estritamente ligada aos nossos talentos pessoais.” 2

A história assinala a participação decisiva da mulher que, no exercício das suas atribuições, equilibra as variadas áreas de atuação e se dedica ao cumprimento da sua missão. “As mulheres se distinguiram em quase todos os aspectos do trabalho missionário, mas os campos da medicina, na educação e na tradução foram particularmente afetados por sua perícia.” 3

A Palavra de Deus nos garante que a virtude da sabedoria está à disposição de todos aqueles que a buscam. “Se algum de vocês tem falta de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá livremente, de boa vontade; e lhe será concedida.” (Tg 1.5)

Notas
1. Weaver, Joanna. Tendo um Espírito como o de Maria. Ed. CPAD. Rio de Janeiro, RJ. p. 124
2. Tournier. Paul. A Missão da Mulher. Ed. Ultimato. Viçosa, MG. p.131
3. Tucker, Ruth. Até aos confins da Terra. Ed. Vida Nova. São Paulo, SP. p.248


Durvalina Barreto Bezerra é diretora do Seminário Betel Brasileiro.

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Leia mais em Prateleira

Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.