Apoie com um cafezinho
Ol? visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Notícias

Projeto capacita jovens na área de informática e reciclagem de computadores

(ADITAL) O projeto MetaReciclagem, iniciativa da Secretaria de Relações do Trabalho da Prefeitura Municipal de Sorocaba, interior de São Paulo, há dois anos trabalha com jovens em situação de vulnerabilidade social da zona oeste da cidade, por meio de cursos de capacitação na área de informática.

Segundo o coordenador do projeto, Gilberto Vieira, a ideia é dar uma oportunidade aos jovens com idade entre 12 e 30 anos, já que nessa região há muita incidência de casos de tráfico de drogas. Oferecendo cursos de capacitação profissional, como Informática Básica, Montagem e Manutenção de Micro e Webdesigner, o MetaReciclagem formou, só no ano passado, 450 alunos, dos bairros Nova Esperança, Vila Barão e Jardim Zumira. Os cursos têm duração de três meses.

Para participar, os jovens devem estar atentos à divulgação nas escolas das comunidades locais. Para este ano, a estimativa é capacitar cerca de 700 alunos, já que devem ser abertas turmas em três períodos do ano. As aulas começarão no dia 8 de fevereiro e, segundo Gilberto, as 250 vagas já foram preenchidas. "Temos até fila de espera", diz.

Um dos principais trabalhos realizados pelo programa é a reciclagem e reutilização dos componentes eletrônicos dos equipamentos de informática, que apresentam algum defeito, como monitores, placas, teclados, mouses, entre outros. Quando não mais utilizados, estes materiais tornam-se um amontoado de lixo eletrônico tecnológico.

Segundo dados da Fundação Getúlio Vargas, em 2008 o Brasil comercializou 12 milhões de computadores. A média de tempo de uso desses equipamentos é de quatro anos. Com essa utilização, torna-se necessária a criação de políticas públicas voltadas ao correto descarte deste material, pois os componentes eletrônicos jogados no meio ambiente contribuem para a poluição e contaminação das águas e causam danos à saúde da população e dos animais.

Gilberto explica que o reaproveitamento das peças depende do estado da máquina, ‘mas sempre dá para aproveitar alguma coisa’, diz. Segundo ele, computadores doados por indústrias, geralmente apresentam bom estado de conservação, podendo ser melhores aproveitados. A avaliação é feita por técnicos do Telecentro Comunitário. Leia mais.

Fonte: www.adital.com.br

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Leia mais em Notícias

Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.