Apoie com um cafezinho
Ol? visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Notícias

Cristãos enfrentam dificuldades para construir igrejas na Nigéria

(Portas Abertas) O reverendo Adamu Sunday Peni, vice-presidente da Associação Cristã da Nigéria, do Estado de Kebbi, afirma que além da pressão para que as pessoas se convertam ao islã e a discriminação sofrida pelos cristãos, um dos principais problemas enfrentados no país é a falta de terras para a construção de igrejas. 

"Na cidade de Gwandu não há um único lugar para se adorar a Deus, apesar de existir uma comunidade cristã, porque as autoridades impedem a construção de igrejas”, disse ao Compass o reverendo Adamu que também é pastor da União Missionária de Igrejas para a África. 

"Na cidade de Aliero, os cristãos são forçados a viajarem todos os domingos para a cidade de Jega, para participarem de cultos, porque eles não têm um lugar apropriado", disse ele. 

"Mesmo que nós consigamos um terreno para construir a igreja, os muçulmanos que estão no governo não nos permitem construir no lugar", explicou outro reverendo, Nuhu Mamman.
 
Autoridades 
"Quando as autoridades concedem a permissão para a construção de igrejas, tempos depois eles declaram nossas estruturas ilegais e criam motivos para demolir nossos lugares de adoração", disse Nuhu. 

Em outros casos, os locais de culto e adoração acabam incendiados pelos extremistas. Por isso é ainda mais difícil encontrar um local para que os ex-muçulmanos convertidos ao cristianismo possam se reunir. 

Em 1994, uma ação de extremistas islâmicos na cidade de Jega incendiou igrejas e matou cristãos. Em 2005, houve um outro ataque. 

"Eles deixaram nossas igrejas em cinzas e um dos nossos membros, Ayuba Mamman, foi morto", contou Adamu Peni. 

O reverendo Nuhu Mamman contou também que em 2005 houve um ataque de extremistas islâmicos na cidade de Kangiwa que destruiu uma das poucas igrejas. 

Fonte: www.portasabertas.org.br

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Leia mais em Notícias

Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.