Apoie com um cafezinho
Olá visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Notícias

A busca pela justiça e a comunidade de fé é tema da live de “Diálogos de Esperança” de 23 de fevereiro

Por Ana Luz

Para conversar sobre a justiça e a importância da comunidade de fé hoje, a próxima live da série “Diálogos de Esperança” convidou a teóloga, missióloga e educadora Ruth Padilla, que vem de uma longa trajetória na área da educação teológica na América Latina, e o teólogo e escritor Ed René Kivitz, que trará sua contribuição junto com a larga experiência como pastor de uma das igrejas mais influentes do Brasil, a Igreja Batista de Água Branca (IBAB), sediada na capital paulista.

O tema da justiça, embora seja um mandamento bíblico para a vida cristã bastante claro no exercício profético, é um dos assuntos que vem se tornando cada dia mais caro aos cristãos no Brasil, seja pela clássica dicotomia entre o celeste e o terreno ou pela identificação da temática com qualquer dos espectros políticos polarizantes. Da mesma forma, a comunidade de fé, quando assume identificação com qualquer dos espectros ideológicos, passa a ser confundida em sua identidade e função no mundo em que vivemos e tornando-se obsoleta para muitos.

Lançada em junho de 2020, a série “Diálogos de Esperança” chega à sua vigésima quarta live no dia 23 de fevereiro sempre trazendo temas de relevância para a igreja evangélica brasileira.

Apresentada pelo embaixador da Aliança Evangélica Brasileira e da Visão Mundial, Valdir Steuernagel, a série de lives Diálogos de Esperança é fruto da iniciativa de quatro organizações cristãs: Aliança Evangélica Brasileira, Tearfund, Editora Ultimato e Visão Mundial. Para conhecer melhor o projeto e assistir as lives anteriores, basta acessar a playlist no canal da Editora Ultimato no YouTube.


“Diálogos de Esperança” é uma iniciativa da Aliança Evangélica Brasileira, Visão Mundial, Tearfund e Editora Ultimato. As lives vão ao ar quinzenalmente às 18h pelo canal da Editora Ultimato no Youtube. Para conferir todas as lives anteriores, basta acessar a playlist.

Saiba mais
Diálogos de Esperança
Live da série: A busca pela justiça e a comunidade de fé
Data: 23 de fevereiro
Horário: 18 horas
No canal da Ultimato no YouTube


Participantes
  • Ruth Padilla DeBorst, educadora e teóloga, e dirige o Centro de Estudos Teológicos Interdisciplinares – CETI. Argentina, ela e seu marido, Santiago, vivem na Costa Rica, como parte de Casa Adobe, uma comunidade cristã intencional. Tem PhD em teologia com ênfase em missiologia e ética social.
  • Ed René Kivitz, pastor da Igreja Batista de Água Branca, em São Paulo, SP, e presidente da Visão Mundial Brasil. É mestre em ciências da religião e autor de, entre outros, O Livro Mais Mal-Humorado da Bíblia. Atualmente ele atua como presidente do conselho diretor da Visão Mundial Brasil e coordenador do comitê Fé & Justiça.
  • Valdir Steuernagel, pastor e embaixador da Visão Mundial e Aliança Evangélica Brasileira. É um dos idealizadores da série de lives Diálogos de Esperança e é apresentador da mesma.


QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Leia mais em Notícias

Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.