Apoie com um cafezinho
Olá visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Palavra do leitor

Aquele dia está próximo!

O mundo está vivendo dias tremendamente maus, além da pandemia que assola a terra, sem nenhum país poupado pelo vírus, há doenças, fome, desemprego, fechamento de empresas, governos ineptos não por falta de competência, mas por ausência de recursos que vão se esgotando; ninguém contava com isto.

A fabricação de vacinas, criadas em tempo recorde, não acompanha a demanda, sete bilhões e setecentos milhões de habitantes vivos no planeta; pelos cálculos com 12 instituições, no mundo, que estão produzindo insumos, a quantidade necessária [para a primeira dose] só será alcançada dentro de 30 meses [2 ½ anos]; até lá já faleceram muitos tendo em vista a não existência de medicamentos para a cura, o que seria bem melhor do que "apenas" imunizantes.

Já mencionei em artigos anteriores que os sinais do que chamamos de "fim dos tempos" estão aí, além da pandemia: Tsunamis, ciclones, terremotos, vulcões, tempestades, pestes, princípios morais abandonados, guerras, rumores de guerras, nação contra nação, reino contra reino, esfriamento do amor [sempre os houve]; todavia, agora, a intensidade e a frequência, de tudo isso, aumentam "assustadoramente".

Se cremos na inerrância da Palavra de Deus não podemos nos abstrair de tais acontecimentos, repito, que se agigantam e se tornam cada vez mais frequentes; não podemos entender que o Senhor Jesus (Mateus 24), em seu sermão profético, estivesse apenas "jogando conversa fora", pois o que Ele disse é Palavra de Deus, é verdade eternamente, vai acontecer como muitas profecias já se tornaram realidade literalmente.

Não me fundamento em teorias humanas, não me baseio em supostas "teorias da conspiração", não creio porque "astrólogos, videntes e adivinhos", também, já estão admitindo que o fim se aproxima; minha fé está alicerçada apenas nas Palavras Proféticas de Deus [antigo e novo testamentos] principalmente as confirmadas pelo Deus Filho, o Senhor Jesus.

Repito, com segurança, o que disse em artigo anterior: vozes já se alteiam aqui, ali, acolá: "Jesus está voltando", "é o final dos tempos" (sic); noticia-se que, com essa quarentena [do italiano "quaranta giorni" = quarenta dias], houve aumento de busca pela fé; os corações estão temerosos, as denominações cristãs, para não deixarem os seus sem orientação espiritual, reúnem-se, virtualmente, em salas de orações diárias, cultos "on line" etc., o que é muito bom e oportuno para que a fé de muitos não se esfrie.

Minha página, na rede social, vinha sem crescer; em 3 semanas [Julho 2020], recebi mais de 220 pedidos para segui-la e, até então aceitei 194 novos "contatos"; a busca é porque só posto matéria bíblica; vêm pedidos da Europa, África, Ásia, EUA, Canadá, Índia, América Latina etc., e não são poucos; [agora já apresenta um acréscimo de 1095 pessoas].

Transcrevo, ainda, trecho do meu artigo anterior: temos que agradecer a Deus pela busca do povo, de um modo geral, por maior espiritualidade, considerando que foi "um mal que contribuiu para o bem", conforme ensina a Palavra de Deus; não podemos deixar de pregar, pois nota-se uma grande carência de comunhão com o Pai.

Temos que aclarar que "ninguém sabe o dia e a hora em que o Senhor Jesus voltará", pois isso está bem claro nas Palavras d’ Ele próprio:

"Mas a respeito daquele dia [2ª. vinda] e hora ninguém sabe, nem os anjos dos céus, nem o Filho, senão o Pai" (Mateus 24. 36).

O Senhor, respondendo aos seus discípulos, Mateus 24, disse "ainda não é o fim" (v.6), "é o princípio das dores" (v.8), "Aquele que perseverar até o fim, esse será salvo" (v.13), "E será pregado este evangelho do reino por todo o mundo, para testemunho a todas as nações. Então virá o fim" (v. 14).

Em Mateus 25. 31-46, o Senhor Jesus, em sua segunda vinda, sentencia aos benditos do Pai, "Entrai na posse do reino" (v. 34); e, para os que estiverem à sua esquerda, "Apartai-vos de mim, malditos, para o fogo eterno, preparado para o diabo e seus anjos" (v. 41).

Em Mateus 24. 15, Ele autentica a Palavra Profética de Deus, dita pelo profeta Daniel: "Ele fará firme aliança com muitos, por uma semana [de anos]; na metade da semana, fará cessar o sacrifício e a oferta de manjares; sobre as asas das abominações virá o assolador [anticristo], até que a destruição que está determinada [grande tribulação], se derrame sobre ele" (Daniel 9. 27).

Seguida essa cronologia bíblica, a 2ª. vinda ainda demora, no mínimo 7 anos após o acordo de paz, que ninguém sabe quando será firmado.

É tempo, pois, de orar e vigiar: "Vigiai, pois, porque não sabeis o dia nem a hora" (Mateus 25. 13).

Pense nisto!
São Paulo - SP
Textos publicados: 654 [ver]
Site: http://www.sefiel.com.br

Os artigos e comentários publicados na seção Palavra do Leitor são de única e exclusiva responsabilidade
dos seus autores e não representam a opinião da Editora ULTIMATO.

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.