Apoie com um cafezinho
Ol? visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Prateleira

Verdade e perseguição religiosa são as ênfases do segundo dia

O segundo dia do Congresso de Lausanne em Cape Town trouxe como ênfase a importância da verdade contra a tendência ao relativismo na sociedade contemporânea. O teólogo chinês Carver Yu reconheceu a pluralidade, mas combateu o pluralismo. Para ele, a primeira faz parte da cultura humana, mas o segundo é algo totalmente diferente. “O pluralismo é uma ideologia que proclama que a verdade é uma construção cultural válida somente para a cultura que a construiu”. Segundo Carver, “só podemos provar ao mundo a verdade por meio da transformação das nossas vidas”.

O teólogo alemão Michael Herbst lembrou que a verdade é uma pessoa. “Olhar para Jesus e buscar a verdade”, disse. Já o escritor Os Guiness ressaltou que o conteúdo da Bíblia parece indecente para o mundo moderno, mas se olharmos mais profundamente, ele é fundamental para este mundo. Os Guiness listou algumas razões pelas quais, em sua opinião, a verdade cristã é importante: honra ao Deus da verdade, equilibra emoção e razão, avança em favor da humanidade, fundamenta a proclamação da fé, combate a hipocrisia e o mal, e nos ajuda a crescer na transformação em Jesus Cristo.

O teólogo colombiano Harold Segura é um dos participantes latino-americanos no Congresso. Ele fez uma uma síntese da temática do dia:

Se analisarmos pelas declarações finais dos congressos, diriamos, então, que enquanto Lausanne I partiu da intencionalidade missionária do Deus Criador e Senhor do mundo (o primeiro capítulo do Pacto de Lausanne é ‘O Propósito de Deus’), Lausanne II partiu de uma série de afirmações chaves da fé evangélica (o Manifesto de Manila apresenta 21 afirmações, em sua maioria de caráter doutrinário), Lausanne III decidiu partir da defesa da verdade, diante de um diagnóstico absoluto de que o pluralismo, a secularização e o mundo globalizado são os males sobre os quais devemos responder. Ao que parece, a defesa da verdade é a proposta pastoral que pretende orientar nossa travessia missionária. Isso se não foi dito algo diferente nas mesas de diálogo ou nas sistematizações dos grupos pequenos”.

Estudo de Efésios
O dia começou com louvores em várias línguas e com o estudo do primeiro capítulo de Efésios. O expositor foi o teólogo de Sri Lanka, Ajith Fernando. Para ele, o texto bíblico mostra a natureza da salvação de Deus por nós. “Redenção, sangue, perdão e graça transbordante são novas expressões usadas por Paulo para falar sobre salvação”. Fernando afirmou que a salvação traz um conceito mais completo sobre Deus do que normalmente compreendemos. “Ver Cristo como alguém que supre as necessidades pessoais é um ponto inicial, mas não é só isso. Deus está marchando para a vitória final. Ele tem um plano, um propósito para o mundo. O Evangelho é mais profundo , mais rico e maior do que a ideia de Deus suprindo as necessidades imediatas”.

Nos grupos pequenos, os participantes puderam estudar de forma indutiva o texto exposto por Ajith Fernando. O pastor guatemalteco, German Hernany, disse que seu país não tem problemas com a liberdade de pregação do Evangelho, mas o maior obstáculo para isso é a falta de unidade da igreja. Já o pastor espanhol Estevan Muñoz disse que em seu país uma visão secularizada e a indiferença sobre Deus são os grandes desafios.

À tarde, os participantes puderam escolher vários seminários, com mais de um preletor cada, chamados “multiplex”. No multiplex sobre mídia e missões, os preletores destacaram a grande importância dos canais de comunicação cristãos na formação e na defesa da verdade no mundo hoje.

Deus movendo a igreja
A noite deste segundo dia de programação foi dedicada a uma visão panorâmica de como Deus está movendo a igreja no mundo, em especial em contextos de perseguição e violência religiosa. Documentários em vídeo informaram histórias de perseguição contra cristãos na Colômbia, na África Ocidental, no Oriente Médio, no Vietnã, no Uzbequistão, no Turquemenistão e no México. “Policiais vieram à igreja, esperando descobrir algo errado. Identificaram no conteúdo do sermão. Fui preso, mas pude compartilhar o evangelho na prisão. Trinta presos se converteram a Cristo”, disse, em vídeo, um pastor vietnamita.

Os congressistas oraram juntos pela situação da igreja na China. Muitos chineses que participariam do Congresso de Lausanne foram impedidos de sair do seu país.

Os 4.200 participantes se emocionaram com o testemunho ao vivo de uma jovem moça da Coréia do Norte. Seus pais foram perseguidos politicamente e a família teve que mudar para a China. O pai se converteu e se tornou missionário na Coréia do Norte. Por conta disso, morreu fuzilado pelo governo anos depois. Hoje, a filha mora na Coreia do Sul e está estudando para o vestibular. Quer lutar pelos direitos humanos em sua terra natal. O testemunho da jovem arrancou lágrimas e aplausos de mais de 3 minutos dos participantes.

Homenagem a Billy Graham
O pregador Billy Graham, com mais de 90 anos, foi homenageado na segunda noite do Congresso. Ele que é o fundador do Movimento de Lausanne, não pôde participar do congresso na Cidade do Cabo devido a sua saúde fragilizada. O telão do auditório exibiu trechos de vários sermões do famoso pregador em momentos históricos. As falas enfantizaram a mensagem simples da salvação em Jesus, a necessidade de arrependimento e o compromisso de se tornar discípulo de Jesus.

Quase 200 países estão representados no Congresso de Lausanne na Cidade do Cabo. O encerramento acontece no dia 25.


Acompanhe
• Para assistir ao vivo a programação do congresso, acesse o Globalink.
• Acompanhe a cobertura da Editora Ultimato por meio do nosso portal. Klênia Fassoni e Lissânder Dias fazem parte da delegação brasileira e publicarão boletins diários sobre o evento.
• Além deles, alguns dos nossos blogueiros também estão por lá. Confira:
- Blog Carlinhos Veiga
- Blog do Marcos Botelho
Lissânder Dias é jornalista e colaborador da revista Ultimato. É editor do blog Fatos e Correlatos (fatosecorrelatos.com.br), onde publica poesias e crônicas. Trabalha como assessor editorial da UniCesumar, em Maringá (PR).
  • Textos publicados: 39 [ver]

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Leia mais em Prateleira

Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.