Apoie com um cafezinho
Olá visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Notícias

Vem aí: O Tempo da Criação, um período para celebrar a criação de Deus

Por Phelipe Reis

No período de 1º de setembro a 4 de outubro, cristãos de todo o mundo se unem para orar e cuidar da criação de Deus. Denominada Tempo da Criação, essa comemoração global teve início em 1989, com o reconhecimento do Dia de Oração pela Criação, celebrado em 1º de setembro.

O Tempo da Criação é um convite a todos os cristãos para celebrarem a boa dádiva da criação, reconhecendo que ela foi entregue às pessoas como um presente, juntamente com a responsabilidade de proteger toda a biodiversidade da Terra. Neste período, a comunidade cristã é chamada a refletir sobre como habitar o planeta de forma mais sustentável e fazer ouvir sua voz na esfera pública.

No Brasil, a iniciativa é promovida pela campanha Renovar Nosso Mundo, em parceria com várias organizações, denominações e igrejas cristãs. A intenção é alcançar o maior número possível de igrejas evangélicas. Existem diversas formas de se envolver: organizar um culto temático, promover um tempo de oração ao ar livre, participar em alguma campanha, reunir um grupo para fazer a limpeza de um local público, adotar hábitos sustentáveis, compartilhar nas redes sociais os cartões de oração e os desafios diários preparados para o Tempo da Criação, entre outros.

Todas as orientações, recursos e ferramentas da campanha, com link para download, estão no Guia de Celebração, que oferece sugestões de liturgias, orientações sobre como organizar um tempo de oração, dicas de hinos, músicas e poemas, e uma tabela com textos bíblicos para criação de sermões, tudo voltado para a temática da criação. Também há um Guia Infantil, com conteúdo adaptado para trabalhar com crianças. Acesse o Guia aqui.

O tema de 2019 é “A teia de vida: a biodiversidade como bênção de Deus”, baseando em Gênesis 9:12-13: “Deus disse: Eis o sinal da aliança que eu faço convosco e com todos os seres vivos que vos cercam, por todas as gerações futuras. Ponho o meu arco nas nuvens, para que ele seja o sinal da aliança entre mim e a terra”. De acordo com o comitê gestor do Tempo da Criação, esse tema foi escolhido porque ajuda a refletir sobre dois fatores essenciais acerca da criação: ela vem de Deus e a igreja tem um papel a desempenhar nela.

Por que proteger a biodiversidade?
Hoje, a ação e o estilo de vida humanos estão destruindo a criação de Deus em um ritmo nunca visto antes. Houve um declínio de 60% nas populações selvagens em todo o mundo entre 1970 e 2014, de acordo com o Living Planet Report 2018. As razões são diversas: desmatamento, destruição de habitats, mudanças climáticas e poluição do solo, da água e do ar, incluindo a poluição de plástico nos oceanos.

O testemunho bíblico nos mostra que a teia de vida – isto é, a biodiversidade – não importa apenas porque o bem-estar humano depende de ecossistemas estáveis e dos serviços que estes têm a nos oferecer, tais como água limpa, alimentos, oxigênio, roupas e controle climático, além de todos os “recursos” que usamos da natureza. A biodiversidade importa porque Deus dá valor a cada espécie criada e por uma questão de justiça. São os grupos mais pobres que mais dependem da saúde dos ecossistemas, e são eles os mais gravemente afetados pela degradação dos sistemas naturais que sustentam a vida.

Serviço
O que: O Tempo da Criação
Quando: 1º de setembro a 4 de outubro de 2019.
Mais informações sobre o tempo da criação, aqui.
Baixe agora o Guia de Celebração. 

Leia mais: 
» O céu anuncia a glória de Deus: o ser humano deveria fazer o mesmo
» Organizações se unem no combate ao microplástico em ambientes marinhos

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Leia mais em Notícias

Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.