Apoie com um cafezinho
Olá visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Notícias

Vem aí: Conferência Anual Cadi “Repensando a Justiça Social”


Acontece de 6 a 8 de abril, em Curitiba (PR), a VI Conferência Anual Cadi. Com o tema “Repensando a Justiça Social: um retorno à compaixão bíblica”, o encontro se propõe a ser um espaço de mobilização, reflexão e capacitação de pastores, líderes, doadores, missionários e empreendedores sociais cristãos em torno da temática da transformação social na perspectiva cristã.

Entre os preletores está confirmada a presença de Darrow Miller, Maurício Cunha, Marcel Camargo, Edson Barbosa, Valdir Steuernagel, colunista da revista Ultimato, dentre outras pessoas especialistas no assunto.

Durante o evento serão realizadas treze oficinas sobre temas como Advocacy e Incidência em Políticas Públicas, Objetivos de Desenvolvimento Sustentável e Implicações para as OSCs, Melhores Práticas em Voluntariado, Inclusão Integral de Refugiados, Formação para Educadores Sociais, Coaching e Vocação, entre outros.

Para a realização da conferência, o Cadi conta com o apoio de várias entidades como o SESI, a Aliança Evangélica Brasileira, a Rede Evangélica Nacional de Ação Social (Renas) e empresas de reconhecido engajamento socioambiental.

Confira a seguir a entrevista que Maurício Cunha, presidente do Cadi, concedeu ao site de Renas, sobre a conferência e os temas que serão abordados.

RENAS – O tema da VI Conferência Cadi é “Repensando a Justiça Social – um retorno à compaixão bíblica”. O que precisa ser repensado na prática das ONG´s cristãs e igrejas evangélicas hoje no Brasil?
MC – Queremos fortalecer o Chamado da Igreja de Cristo para o trabalho da transformação social, entendida aqui, como parte da Obra de “redenção de todas as coisas”, mas a partir de uma cosmovisão cristã, e não apenas de modelos ideológicos e humanistas, sejam de que natureza e orientação forem.

RENAS – Até que ponto a instabilidade política atual prejudica a prática da compaixão cristã?

MC
– A Igreja, como todas as outras instituições e atores sociais, certamente é influenciada pelo contexto e sofre com a situação do país, mas o seu Chamado e o seu Compromisso ético transcendem estas questões. A Igreja tem uma missão peculiar, que cabe somente a ela.

RENAS – Em poucas palavras, o que seria uma “compaixão bíblica”?

MC
A expressão íntima e prática do caráter do próprio Deus. Significa “sofrer junto, com paixão”. Mais do que um conceito abstrato, é um compromisso ético que emana da Pessoa de Deus e da Sua natureza.

RENAS – O que você espera que aconteça nos dias da Conferência Cadi?

MC
– O fortalecimento da ação da Igreja na transformação social do Brasil e sua capacitação para isso. E muita alegria, celebração e troca de experiências.

RENAS – Qual será a metodologia do evento? Como ele está programado?

MC
– Teremos plenárias expositivas com pessoas de referência na área da Transformação, inclusive com preletor internacional, 13 oficinas sobre temas relacionados ao trabalho de ação social, debates, stands de divulgação de organizações e iniciativas sociais, música, lançamento de livro, e um belo espetáculo com as crianças atendidas por projetos do Cadi e outros convidados. A programação completa está no site do Cadi.

RENAS – Como você acha que as parceiras das RENAS poderiam se beneficiar da conferência Cadi?

MC
– As organizações receberão capacitação sobre temas relacionados à área do desenvolvimento social, poderão trocar experiências, ampliar e fortalecer sua rede de contatos e influência, além de serem renovadas no fundamento norteador da sua prática e da sua própria existência.

RENAS – Em seu olhar, as igrejas evangélicas brasileiras estão cumprindo seu papel de ser “sal e luz” num país tão desigual como o nosso?

MC
– Sim e não. Onde Deus se manifesta e a Palavra é pregada com seriedade, certamente há justiça e transformação. Mas, como cooperadores na Obra de “redenção de todas as cosias”, estamos muito aquém do que poderíamos. A Igreja tem uma responsabilidade muito maior de viver e expressar concretamente o amor de Deus em um contexto como o brasileiro. Não podemos mais nos omitir.

RENAS – Qual a sua oração pela igreja e pelo mundo?

MC
– “Venha o Teu Reino, seja feita a Tua vontade”.

*****

Serviço
Evento: VI Conferência Cadi 2018.
Data: 6 a 8 de abril.
Local: Centro de Eventos da FIEP – Federação das Indústrias do Estado do Paraná, em Curitiba, Paraná.
Mais informações. Inscrições.
Equipe Editorial Web
  • Textos publicados: 1093 [ver]

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Leia mais em Notícias

Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.