Apoie com um cafezinho
Olá visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Notícias

Um clamor em meio à crise do coronavírus

Aliança Evangélica Mundial (WEA) pede orações
 
Em meio à disseminação contínua do coronavírus, agora chamado COVID-19, a Aliança Evangélica Mundial (WEA) convida as igrejas a participarem das orações pelos milhões que estão sendo afetados direta e indiretamente.
 
O secretário-geral da WEA, bispo Efraim Tendero, disse: “Temos acompanhado com preocupação as notícias do surto e a propagação do COVID-19 nas últimas semanas, primeiro na China e depois internacionalmente, e sabemos que muitos em nosso círculo mais próximo já estão orando pelos afetados. Agora gostaríamos de pedir especificamente às igrejas e aos crentes, que tirem um tempo para orar para que Deus intervenha nesta crise e impeça que o vírus se espalhe ainda mais”.
 
O COVID-19 já infectou dezenas de milhares de pessoas, provocando até agora a morte de cerca de 1.400. “Expressamos nossas condolências pelos que perderam entes queridos e oramos por uma recuperação rápida e completa dos que ainda sofrem com a doença”, comentou o bispo Tendero. E acrescentou: “Também estamos conscientes da situação muito desafiadora dos milhões que têm permanecido em quarentena por semanas nas cidades chinesas afetadas, e a crescente preocupação com a situação econômica que afetará muitos indivíduos e famílias, mesmo depois que a crise de saúde já tiver passado. Por favor, junte-se a nós em oração, como uma família global de crentes preocupados com nossos irmãos e irmãs em Cristo, seus entes queridos e muito além”.
 
Especificamente, você pode orar por:
  • sabedoria aos governantes enquanto respondem à crise imediata, e, em primeiro lugar, às autoridades na China, onde a situação é mais grave;
  • um cerco eficiente à disseminação do vírus e que o número de novas infecções diminua rapidamente;
  • o rápido desenvolvimento de uma vacina eficaz;
  • ânimo e esperança para que os mais afetados na província de Hubei perseverem, apesar do bloqueio contínuo de suas cidades;
  • aqueles que já são ou logo serão afetados pelas consequências econômicas oriundas da crise na saúde, especialmente aqueles cujos meios de subsistência podem ser ameaçados devido à perda de seus empregos.
“Estamos tristes com o crescente número diário de pessoas infectadas e de pessoas que perderam a vida devido ao vírus, e oramos com urgência por uma rápida reviravolta na situação, mas também mantemos a esperança em nosso Deus amoroso que intervém de maneiras visíveis e invisíveis em tempos de tragédia”, afirmou o bispo Tendero. “Somos gratos por uma resposta muito mais rápida ao vírus atual do que a que havia sido dada no passado; agradecemos porque a grande maioria das pessoas infectadas está passando por uma recuperação total; e oramos para que a presença de Deus, sua paz e conforto que a tudo superam estejam com aqueles que perderam seus entes queridos. Juntamente com o salmista, oramos: ‘Descanse somente em Deus, ó minha alma; dele vem a minha esperança’” (Salmo 62.5).
 
Nota
Publicado originalmente no site da Aliança Evangélica Mundial (WEA). Reproduzido com permissão.

Traduzido por Reinaldo Percinoto Jr.
Reinaldo Percinoto Junior mora em Viçosa, MG, com sua esposa Maira e seus dois filhos, João Marcos e Daniel.
  • Textos publicados: 20 [ver]

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Leia mais em Notícias

Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.