Apoie com um cafezinho
Olá visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Notícias

Noite de paz

Aconteceu há... 202 anos 

Na Áustria, em noite de Natal
 
Chamava-se José Mohr o piedoso padre da pequena igreja católica de uma aldeia a muitos metros de altitude nos Alpes austríacos. O organista da paróquia era Francisco Xavier Gruber. A diferença de idade entre os dois era apenas de cinco anos e ambos apreciavam a música. Lamentavam o fato de “ainda não existir um hino que em toda a pureza e simplicidade cantasse a maior dádiva de Deus aos homens – o nascimento de Jesus Cristo seu Filho, baixado ao mundo para redimir-nos do pecado”.
 
Na véspera de natal de 1818, José Mohr estava assentado em seu gabinete de trabalho na igreja, meditando na seriedade e na alegria do Natal, quando lhe veio à mente uma linda e singela poesia. Neste exato momento nasceu a letra do mais conhecido hino de Natal: Noite de Paz! E a música? Seria por conta de Gruber, o organista. De fato, há pouco mais de dois séculos, a melodia foi composta e pela primeira vez entoada. O padre estava com 26 anos e o organista com 31. O cântico sobreviveu-lhes e parece que não vai morrer jamais. 
 
Publicado na revista Ultimato (novembro de 1968).
 
Leia mais
 
Equipe Editorial Web
  • Textos publicados: 1192 [ver]

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Leia mais em Notícias

Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.