Apoie com um cafezinho
Olá visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Prateleira

"Mais tempo e mais dinheiro", a fórmula

“Mais tempo e mais dinheiro”, equilibre os dois e prospere na carreira”. Onde li essa promessa auspiciosa? Na Folha Universal, na VocêS/A ou nos anúncios das Casas Bahia? Tanto faz. O que “me” interessa é perguntar: funciona? Se sim, estamos combinados. Se não, preciso escolher a quem processar: o bispo, a Editora Abril ou a família Klein...

Nunca foi tão fácil prosperar. Pelo menos é o que dizem os pregoeiros de plantão. Sejam eles gurus da administração, especialistas em finanças ou pastores engomados. Todos vendem uma só coisa. E, pior, usam a mesma isca.

A isca é conhecida e tem vários sabores: cobiça, ganância, insaciabilidade. Para o filósofo Walter Benjamim, o que se vê seria uma espécie de religião (o capitalismo), “puramente cultural, sem dogmas, nem teologia”, cujas práticas lembram um culto religioso. Agora, cito Fé Cristã e Cultura Contemporânea, nosso lançamento de agosto: “O capitalismo é, provavelmente, o primeiro exemplo de culto não expiatório, mas culpabilizador. [...] Não há esperança de expiação para o problema da culpa, expresso no contínuo endividamento...”. Mais: “É a celebração de um culto sem trégua e sem piedade. Nenhum dia é comum, não há dia que não seja de festa, de pompa sagrada, de extrema tensão para o adorador”.

Volto à promessa do início. Para alcançá-la, é simples. Basta o “dízimo” ou uma “oferta de amor”. Nesse caso, o passe para a prosperidade é a compra do livro cujo título não deixa dúvida: “Mais Tempo, Mais Dinheiro”, de Gustavo Cerbasi e Christian Barbosa — em breve, na lista dos mais vendidos, o que fará com que um e outro tenham mais tempo e mais dinheiro. Claro, se por acaso você não alcançar essa “graça”, provavelmente a sua “fé” não foi suficiente ou você ainda não “deu” tudo o que deveria ter dado. Quem sabe adquirindo os livros “Casais Inteligentes Enriquecem Juntos”, “Dinheiro: os Segredos de Quem Tem” e “Filhos Inteligentes Enriquecem Sozinhos”, entre muitos outros, você consiga a grande libertação...

Enfim, promessas “extravagantes”, “irrealizáveis”, de “enriquecimento”, mencionadas à exaustão pela mídia nos últimos dias não são originais nem privilégio de pastores evangélicos. E, se somos ateus, nem o céu é o limite.

É diretor editorial da Ultimato.
  • Textos publicados: 191 [ver]

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Leia mais em Prateleira

Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.