Apoie com um cafezinho
Ol? visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Prateleira

Engaje-se!

http://www.sxc.hu/photo/1427336A diferença entre uma vida firme e uma vida frágil não é a autoproteção, mas sim o engajamento em torno da vontade de Deus. Paradoxalmente, é isso que Jesus ensina no final do Sermão do Monte (Mt 7.24-27). Aquele que não apenas ouve, mas que também pratica a Palavra de Deus é que tem a vida segura. Quem pensa somente em sua própria vontade e interesses vive na fragilidade da areia diante do temporal.

Em outras palavras, Jesus nos chama para nos entregarmos ao chamado de viver plenamente sua vontade, pela fé, com coragem e esperança.

Então por que não aproveitar as oportunidades? Ultimato quer ajudar. Listamos a seguir algumas campanhas cristãs com as quais vale a pena se envolver neste primeiro semestre. Não é uma lista definitiva. Como ocorreu em 2013, novas campanhas serão divulgadas ao longo de 2014. Confira e participe!

****

Já começou
Campanha “Em Defesa da Vida Sem Agrotóxicos”

O Brasil tem sido o maior consumidor de agrotóxicos no mundo nos últimos três anos, inclusive substâncias proibidas em outros países. A Rede FALE quer ajudar a acabar com o uso abusivo de agrotóxicos no cultivo de alimentos. E para isso vai realizar iniciativas de oração e denúncia. A primeira será no próximo dia 22, com o “Orando pela Justiça".
Informações: aqui.

29 de maio a 8 de junho
Campanha Mundial de Oração
Da ascensão ao Pentecostes, 10 dias de oração ininterruptas com relógios de oração e salas de cultos. Oração peja Igreja de Cristo: por unidade e avivamento. Esta é a proposta desta campanha que começou na África do Sul e já está em mais de 200 países.
Informações: aqui.

25 de maio
DIP – Domingo da Igreja Perseguida

A perseguição contra cristãos toma contornos graves em muitos países. A Missão Portas Abertas é a voz mais dedicada contra isso. E ela nos convida a orar, ajudar e conhecer as histórias de cristãos que perseveram contra a perseguição.
Informações: aqui.

7 e 8 de junho
Mutirão Mundial de Oração Por Crianças e Adolescentes em Vulnerabilidade Social

O objetivo é unir igrejas e cristãos para orarem pela situação das crianças no mundo. O tema deste ano é “Comunidades Amigas das Crianças”. Somando-se a este, no Brasil, o mutirão de oração vai orar também pelas causas da campanha Bola na Rede.
Informações: aqui.

Junho e julho (durante a Copa do Mundo)
Campanha Bola na Rede

Movimento liderado pela RENAS – Rede Evangélica Nacional de Ação Social – com o objetivo de denunciar a exploração sexual de crianças e adolescentes durante a Copa do Mundo. A campanha já começou há dois anos e terá seu ponto alto durante a Copa.
Informações: aqui.

28 de junho a 27 de julho
30 dias de oração pelos povos muçulmanos

A campanha acontece exatamente no Ramadã – um mês de jejum e oração dos muçulmanos.
Informações: aqui (em breve)


Leia também
Tem trabalho bom e tem trabalho ruim
Chamado radical
O discípulo radical

Atualizado em 14/02/104, às 16h.
Equipe Editorial Web
  • Textos publicados: 1134 [ver]

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Leia mais em Prateleira

Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.