Apoie com um cafezinho
Ol? visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Notícias

Em meio a ataques, o número de cristãos aumenta na China

(Portas Abertas) No primeiro dia deste ano, um grupo de cristãos se reuniu em um escritório da escola do partido comunista (onde o quadro militar do Partido Comunista da região é treinado) na cidade de Baoding, província de Hebei. Eles se reuniram para celebrar o Ano Novo com um estudo bíblico. Entretanto, o grupo foi cercado e invadido por funcionários do Comitê de Segurança Pública da região, por volta das 10 horas.

Mais de 40 cristãos foram levados para um interrogatório. A maioria deles só foi liberada depois das 18 horas daquele mesmo dia. Entre eles estava Li Baiguang, um famoso ativista legal cristão de Pequim.

O estudo bíblico foi recepcionado pela professora Geng Sude, a vice-diretora da Escola do Partido. Ela foi libertada depois de diversos dias de investigação. A professora Sude (com cerca de 50 anos) é uma intelectual cristã da igreja doméstica chinesa. Ela está sob estrita vigilância agora.

Na mesma província de Hubei, a polícia invadiu outra reunião cristã no dia 4 de janeiro, na cidade de Erlangmiao. Três cristãos foram levados à delegacia. Dois deles foram libertados no mesmo dia, enquanto o terceiro, An Wenqing, professor do seminário da igreja doméstica, foi libertado em 5 de janeiro, depois de ser interrogado durante 14 horas pela polícia.

Em meio aos ataques, a Associação de Ajuda à China soube que o número de cristãos no país aumentou. Conforme uma fonte confiável, soube-se que Yie Xiaowen, diretor da Administração do Estado Chinês para Assuntos Religiosos, afirmou em duas reuniões (realizadas na Universidade de Pequim e na Academia Chinesa de Ciências Sociais) que o número de cristãos no país alcançou a marca de 130 milhões, incluindo 20 milhões de católicos. O governo chinês sempre subestima o número de religiosos em suas estimativas oficiais.

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Leia mais em Notícias

Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.