Apoie com um cafezinho
Ol? visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Notícias

Cristolândia completa 10 anos levando esperança pelo Brasil

Por Desirée Gomes
 
Problema crescente nas cidades brasileiras, as cracolândias, regiões com venda e consumo livres de crack, são desafios para os governantes de todo o País. O recente relatório do Observatório do Crack, monitoramento feito pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM), indica que 96% dos municípios brasileiros têm problemas relacionados ao consumo da droga. Estados como São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro ultrapassam 95% de municípios com problemas relacionados ao crack.
 
Dados alarmantes como estes, que já chamam atenção há anos, serviram como base para Missões Nacionais declarar o desejo de transformar as cracolândias do Brasil em Cristolândias, lugares de esperança para uma nova vida.
 
Em 2008, ao se perder pelo centro de São Paulo, onde existe a maior cracolândia do território brasileiro, pastor Fernando Brandão — no início da gestão como diretor executivo de Missões Nacionais — se deparou com aquele quadro caótico de vidas destruídas e, profundamente incomodado, decidiu mobilizar as igrejas batistas do Brasil, se propondo a realizar um trabalho biopsicossocial e espiritual com base no Evangelho de Jesus Cristo.
 
“A Cristolândia não foi planejada por mim ou por qualquer outro missionário, mas foi um único e exclusivo plano de Deus. Ele fez as coisas acontecerem e nós simplesmente nos colocamos disponíveis nas suas mãos”, conta pastor Fernando Brandão ao refletir sobre os dez anos do trabalho.
 
Assim, em julho de 2009, esse ministério iniciou as atividades na cracolândia de São Paulo com serviços de: abordagem pessoal; oferta de alimentação e corte de cabelo aos que estavam nas ruas, acompanhados por uma palavra de esperança e fé, além de encaminhamento dos interessados a comunidades terapêuticas.
 
Em menos de um ano, em março de 2010, também em São Paulo, foi inaugurada a primeira unidade da Missão Batista Cristolândia, ampliando os serviços prestados para distribuição de café da manhã, banhos e cultos cristãos. Em novembro, no mesmo Estado, foi criado o primeiro Centro de Formação Cristã, que deu início ao tratamento terapêutico sempre fundamentado sob valores bíblicos.
 
De lá para cá, muito aconteceu. Avançando na expansão por todo o País, atualmente a Cristolândia conta com 42 unidades em nove Estados, além do Distrito Federal. Assim, milhares de pessoas hoje, podem declarar que, de fato, Jesus Transforma e este é o verdadeiro motivo para celebrar dez anos de muitas vitórias.
 
Hoje, a Cristolândia conta com cerca de 750 pessoas abrigadas. Atende diariamente em torno de 500 pessoas nas capitais onde está instalada e todos os serviços são gratuitos. Nestes atendimentos são oferecidos banho, café da manhã, almoço, troca de roupa e cortes de cabelo. O subsídio para manutenção das unidades é originário de doações, ofertas e parcerias. O projeto é sustentado por ofertas e doações e conta com o trabalho de missionários e voluntários.
 
Confira alguns resultados obtidos no último ano, 2018:
  • 179.307 atendimentos a moradores de rua;
  • 193 pessoas reinseridas na sociedade;
  • Mais de 1 milhão e 200 mil refeições servidas;
  • Mais de 12 mil encaminhamentos sociais e de saúde;
  • Mais de 60 pessoas encaminhadas para o Mercado de Trabalho.
Teremos três grandes programações por este marco. Duas em São Paulo, onde tudo começou, e uma no Rio de Janeiro. E o convite é para que você venha fazer parte desta história!
 
A Junta de Missões Nacionais 

Ligada à Convenção Batista Brasileira, desde a sua criação, em junho de 1907, Missões Nacionais — sociedade civil de caráter religioso sem fins lucrativos — tem levado dignidade a inúmeras vidas por meio do desenvolvimento de projetos sociais. Tendo Jesus Cristo como exemplo e atenta à dinâmica das necessidades da população brasileira, a organização mantém mais de 800 missionários em todas as regiões do País, para realização de atividades evangelísticas e humanitárias.
 
A priorização do ser humano, a responsabilidade social e ecológica, a ética, transparência e a integridade são alguns dos valores nos quais todo o trabalho desta instituição está firmado. Dessa forma, Missões Nacionais tem uma vasta atuação social, que se manifesta:
  • No atendimento a crianças e adolescentes em vulnerabilidade social;
  • Na assistência à marginalizados, presidiários e seus familiares;
  • Na reabilitação de dependentes químicos e assistência a seus familiares, em comunidades terapêuticas;
  • Na assistência a comunidades e populações vítimas de catástrofes e situações emergenciais, entre outros projetos.
Saiba mais:
 
Serviço - Celebrações:

EVENTO 1
Local: Primeira Igreja Batista de São Paulo
Endereço: Praça Princesa Isabel, 233 - Campos Elíseos, São Paulo - SP 
Data: 9 de agosto de 2019
Horário: 19h
 
EVENTO 2
Local: Igreja Batista Memorial de Alphaville
Endereço: Av. Tamboré, 1511 - Tamboré, Barueri - SP
Data: 10 de agosto de 2019
Horário: 19h
 
EVENTO 3
Local: Primeira Igreja Batista do Rio de Janeiro
Endereço: R. Frei Caneca, 525 - Estácio, Rio de Janeiro - RJ
Data: 5 de outubro de 2019
Horário: 18h
 
Crédito das fotografias: Comunicação de Missões Nacionais
 

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Leia mais em Notícias

Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.