Apoie com um cafezinho
Ol? visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Notícias

Comunidade Kaiowá Guarani sofre ataque e líder indígena é assassinado nesta manhã

Na manhã desta sexta-feira, 18 de novembro, a comunidade Kaiowá Guarani do acampamento Tekoha Guaiviry, localizado no município de Amambaí (MS),  foi atacada por cerca de 40 pistoleiros fortemente armados, segundo informações do Conselho Indigenista Missionário (Cimi). O líder indígena Nísio Gomes, 59 anos, foi assassinado com tiros que atingiram cabeça, peito, braços e pernas. 

De acordo com um veículo de mídia local, uma mulher e uma criança também foram atingidos e morreram na hora. Na reportagem, Valmir Gomes, filho de Nísio, informa que os corpos das vítimas foram levados pelo grupo invasor em uma caminhonete, prática já vista em outros massacres cometidos contra os Kaiowá Guarani no estado.
 
O Cimi informa que este não é o primeiro ataque sofrido pela comunidade, composta por cerca de 60 pessoas. A área ocupada pelos indígenas havia sido retomada há cerca de 15 dias. A comunidade vivia na beira de uma Rodovia Estadual antes da ocupação do pedaço de terra no tekoha Kaiowá. O acampamento atacado fica na estrada entre os municípios de Amambaí e Ponta Porã, perto da fronteira entre Brasil e Paraguai.

Com informações de Renato Santana, do Cimi, e de Pio Redondo e Alan de F. Brito, do Midia Max News

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Leia mais em Notícias

Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.