Apoie com um cafezinho
Ol? visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Notícias

Comissão de Ecumenismo da CNBB explica "respostas" do Vaticano

(ALC) A Comissão para o Ecumenismo e o Diálogo Inter-religioso da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) emitiu nota enfatizando que a Igreja Católica reconhece que as outras igrejas e comunidades expressam seu caráter cristão ao proclamarem a redenção da humanidade em Cristo e ao professarem a fé na Santíssima Trindade.

"Nossa fé em comum no Evangelho não deve ser prejudicada pelas divergências doutrinais ainda existentes", diz a mensagem assinada por dom José Alberto Moura, presidente da Comissão. As recentes "Repostas" de Bento XVI sobre a Igreja tem uma finalidade precisa, assegura a nota da CNBB: “evitar o que o papa considera ‘relativismo eclesiológico’”.

O documento do Vaticano intitulado "Respostas a questões relativas a alguns aspectos da doutrina sobre a Igreja”, reafirma, em 16 páginas, o primado da Igreja Católica, entendendo-se como "a única Igreja de Cristo, que no Símbolo confessamos como sendo una, santa, católica e apostólica". Mais adiante, o documento agrega: "Esta Igreja, como sociedade constituída e organizada neste mundo, subsiste na Igreja Católica, governada pelo sucessor de Pedro e pelos bispos em comunhão com ele".

“Afirmar que a Igreja de Cristo ‘subsiste’ na Igreja Católica não nega a identidade das outras confissões, como insinuaram erroneamente algumas manchetes”, aponta a nota da CNBB. Ela frisa que a Comissão Teológica Internacional reconhece “autênticos valores eclesiais presentes nas outras Igrejas e comunidades cristãs”, como consta no documento “Temas escolhidos de eclesiologia”.

A Comissão da CNBB manifesta estima aos “irmãos ortodoxos, anglicanos, reformados e evangélicos”, consciente de que “aquilo que nos une é muito maior do que quanto ainda nos separa”. Aos católicos, a Comissão incentiva o estudo dos pronunciamentos da Santa Sé de modo integral, para que se constituam agentes qualificados de diálogo ecumênico. 

Fonte: www.alcnoticias.org

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Leia mais em Notícias

Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.