Apoie com um cafezinho
Ol? visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Notícias

Campanha contra exploração sexual

(ADITAL) A campanha "Carinho de Verdade - um gesto contra a exploração sexual' já alcançou mais da metade de seu objetivo, que é ter "50 mil tweets contra a exploração sexual". Em apenas 10 dias de difusão, a campanha já teve a adesão de milhares de pessoas e mais de 33 mil tweets. A campanha segue até o dia 18 de maio, quando é celebrado o Dia Nacional de Combate à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.

A iniciativa é do Programa ViraVida, desenvolvido pelo Conselho Nacional do Serviço Social da Indústria (SESI), desde 2008, junto a jovens e adolescentes de 16 a 21 anos em situação de exploração sexual. O objetivo é promover debates sobre o tema e sensibilizar a sociedade brasileira quanto ao problema.

Para participar desta mobilização, basta utilizar a hashtag (#carinhodeverdade) em suas redes (Twitter, Facebook, Orkut e Flickr). Aqueles que usarem redes sociais, podem acessar o site oficial da campanha www.carinhodeverdade.org.br e fazer sua adesão. A ideia é que no dia 18 de maio a hashtag esteja na lista do 'trend topics' nacional.

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Leia mais em Notícias

Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.