Apoie com um cafezinho
Olá visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Prateleira

As redes sociais estão manchadas de sangue

Por Marcos Bontempo

Ao abrir a Folha de S. Paulo ontem, pela manhã, pensei que poderia estar lendo uma nova versão de “A Bíblia para colorir”.


 











A charge do cartunista e ilustrador João Montanaro, publicada na página 2 do primeiro caderno, poderia facilmente emoldurar as palavras de Isaías:
“Vocês têm as mãos manchadas de sangue e os dedos sujos de crimes; vocês só sabem contar mentiras...” (Is 59.3).

O texto é conhecido. A aplicação e implicações, nem tanto.

Difícil imaginar o Profeta falando sobre as redes sociais ou a iniquidade das “fake news”. Mas, é fácil fazer o caminho contrário: olhar para o que compartilhamos ou reproduzimos e reconhecer, no mínimo, ingenuidade, quem sabe, estupidez; e, no máximo – para usar o texto bíblico –, enxergar sangue.

Desnecessário mencionar exemplos. As “fake news”, uma inovação da velha e conhecida “fofoca”, não raramente tem o auxílio luxuoso de intriga e invencionices. Em resumo, notícia falsa. E aí, não há limites: das delações premiadas à última do irmão (ou do pastor) da minha igreja, tudo precisa ser compartilhado. Sem escrúpulos, sem verificação, sem discernimento.

Isaías continua e é ainda mais certeiro:
“Ninguém faz defesa com integridade. Apoiam-se em argumentos vazios e falam mentiras; concebem maldade e geram iniquidade”. (Is 59.4)

O capítulo 59 de Isaías é muito melhor do que os recortes acima. Por último, um detalhe que não pode ser esquecido. Para o nosso espanto, Isaías também desconfiava de si mesmo:
“Ai de mim! Estou perdido! Pois sou um homem de lábios impuros e vivo no meio de um povo de lábios impuros”. (Is 6.5)

Antes dos embates online, é bom lembrar das armas de Isaías, um dos principais críticos bíblicos da hipocrisia e da injustiça.

Um desafio e tanto. Antes que as nossas mãos e os nossos dedos se lambuzem de sangue...

Leia mais:
> Entrevista: As Fake News e a Igreja
> Quem nunca compartilhou uma notícia falsa


É diretor editorial da Ultimato.
  • Textos publicados: 177 [ver]

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Leia mais em Prateleira

Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.