Apoie com um cafezinho
Ol? visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Prateleira

A vida besta, a imagem e as razões para viver no interior

Ultimato está no interior. E por interior entenda-se poeira, cachorros, gatos, um burro que vai devagar, sons de mugidos e alguma algazarra de pássaros não muito educados. 

Quase toda semana recebemos para o nosso café e oração amigos de fora, leitores, autores e alguns comensais ilustres. A reação dos visitantes não nos surpreende mais -- espanto, surpresa, alguma admiração e quase capitulação aos que os recebem. Entre sorrisos e afagos, o livro de Miquéias é sempre lembrado e, sem a pretensão de aplicar as palavras do profeta, celebramos os primeiros versos do capítulo 5: “E tu, Belém-Efrata, pequena demais...” (Mq 5.2). Nada parece combinar com o imaginário do visitante. 

Belém não está sozinha. A história do cristianismo é pródiga em revelar a força que vem da “periferia”. Aliás, deveríamos estar acostumados a encontrar beleza ou o próprio Deus em lugares inesperados. E, por falar em surpresas, dividimos agora mais uma boa notícia da “nossa” terra, digna de gritos de “extra” dos velhos jornaleiros madrugadores. De acordo com o ranking oficial das universidades brasileiras — 173 universidades e 1.275 unidades de ensino superior —, divulgado pelo MEC na última segunda-feira, a Universidade Federal de Viçosa destaca-se como a terceira melhor universidade do Brasil e a primeira em Minas Gerais. Nada mal. 

Repito vezes sem conta e por razões óbvias “Cidadezinha Qualquer”, de Carlos Drummond de Andrade. Agora -- não sei se devo -- começo a desconfiar das razões por que muitos querem se mudar para o lugar onde nunca viveram: o interior, cidades pequenas demais...

Cidadezinha Qualquer
Casas entre bananeiras
mulheres entre laranjeiras
pomar amor cantar.

Um homem vai devagar.
Um cachorro vai devagar.
Um burro vai devagar.
Devagar... as janelas olham.
Eta vida besta, meu Deus.
Carlos Drummond de Andrade (“Alguma Poesia”, 1930)


Leia o livro
Simplesmente Cristão, N. T. Wright
A Espiritualidade na Prática, Paul Stevens
É diretor editorial da Ultimato.
  • Textos publicados: 180 [ver]

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Leia mais em Prateleira

Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.