Apoie com um cafezinho
Ol? visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Palavra do leitor

Uma discussão desnecessária

Gosto muito de falar sobre religião. Já discuti muito e quase briguei, mas hoje sinto que não vale a pena. Esses dias uma pessoa que tinha perdido um ente querido me disse que após a morte a pessoa dorme até o arrebatamento. Tentei lhe explicar, mostrando passagens bíblicas, que após a morte a pessoa segue o seu destino: alegria ou sofrimento e fica consciente, gozando ou sofrendo. A pessoa me citou o versículo de Apocalipse 14.13: "Bem aventurados os que dormem no Senhor", mas dormir não é ficar inconsciente e aí se trata de um sono espiritual. Citei o ladrão da cruz ao qual Jesus disse: "Hoje estarás comigo no paraíso", citei a parábola do rico e Lázaro (Lucas 16) em que o rico foi para o sofrimento (Hades) e Lázaro foi para o Paraíso (Seol), mas pouco adiantou. Entendi que ela aprendeu assim e que não faz nenhuma diferença o que cada um crê, pois isto não muda nada. Depois fiquei pensando: quanta gente discute e até briga por algo tão subjetivo. Afinal, se a pessoa estiver com o Senhor, Ele, certamente, tem o melhor para ela.

Esses assuntos ligados a Escatologia geram muitas discussões vazias e desnecessárias, muitas religiões são fundadas devida a desavenças nesta área, outras por defenderam costumes, ou doutrinas que julgam fundamentais para a salvação. E tem outros assuntos que muitos julgam essenciais como a guarda do sábado, a predestinação e o batismo de crianças. Afora isto, ainda existem os grupos pentecostais e os reformados, reformistas ou evangélicos tradicionais. É bom que se diga que todos esses grupos são divididos e subdivididos formando uma enorme colcha de retalhos de dimensões continentais. Desde os dias de Jesus já havia essas discussões entre as seitas da época e hoje tem muita gente que insiste em taxar os evangélicos de "seitas" sendo que para eles a única igreja é a católica. O ser humano sempre discutiu e nunca chegou a um acordo quando o assunto é religião. Pior são aqueles grupos que se julgam detentores da verdade e chamam de "perdidos" aqueles não fazem parte de sua religião. Há igrejas que não consideram as outras e afirmam categoricamente que só elas detém o monopólio da salvação. Não vou citar nomes, pois imagino que o leitor sabe perfeitamente quem são essas igrejas, seitas ou religiões.

A salada é mista e muitas vezes mal temperada podendo causar sérios problema a quem a ingere inclusive a morte. E tem as igrejas que, apesar das diferenças, consideram as demais como evangélicas e, portanto, no caminho certo que é Jesus, o nosso Salvador. Está claro que nenhuma igreja salva, nenhuma doutrina salva, até porque as doutrinas são ou foram criadas e formatadas por líderes religiosos com base na sua interpretação pessoal da Bíblia. Um dia um obreiro idoso de uma determinada igreja me disse que Deus criou dois Adão e me mostrou no começo de Gênesis a criação desses "Adão". Tentei lhe explicar que numa passagem se explica a criação do primeiro homem do pó da terra e na outra se repete a criação com mais detalhes, mas em ambos os textos é a mesma pessoa. A Bíblia, em Romanos, diz que há um segundo Adão, mas este é Cristo. A pessoa que me disse que os mortos dormem e acordam só depois na ressurreição se baseou em Apocalipse 14.13, mas se esqueceu de outras passagens, inclusive Hebreus 9.27 que diz: "Aos homens está ordenado morrer uma só vez vindo depois disto o juízo, (ou o julgamento). Portanto, o juízo segue-se logo após a morte. Quando o assunto é o fim dos tempo, ou escatologia fica ainda mais complicado e a discussão corre solta nos meios teológicos.

Deus fez questão de guardar silêncio sobre esses assuntos conforme a sua vontade e para o bem do próprio homem. Um dia saberemos tudo quando pela morte ou pelo arrebatamento atravessarmos o Jordão e passarmos para o outro lado conforme está escrito no hino 509 da Harpa Cristã. Por enquanto, vamos ficar na benção, esperando a volta do Senhor.
Mogi Guaçu - SP
Textos publicados: 488 [ver]

Os artigos e comentários publicados na seção Palavra do Leitor são de única e exclusiva responsabilidade
dos seus autores e não representam a opinião da Editora ULTIMATO.

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.