Apoie com um cafezinho
Olá visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Palavra do leitor

Trem me lembra Minas e Minas me lembra trem

Um trem quando entra num túnel é como se a vida parasse. Tudo se escurece e carece acender as luzes. Aquele túnel parece não ter fim, nunca cinco minutos custou tanto a passar. Parece que a respiração fica curta, parece que há um desarranjo, uma falta de ar, mas quando ele chega do outro lado o sol se abre e a vida toma novos ares. Volta a respiração plena e pode-se ver de novo a natureza com suas cores, flores e perfumes. O trem é mágico e enigmático, é uma aventura inesquecível, por isto as pequenas viagens de trem nas cidades turísticas são tão caras e muitas vezes tem até que comprar a passagem com grande antecedência. Tudo no trem me atrai, até a fumaça preta, o apito e o barulho que lhe é peculiar. Gosto de trens, mas não gosto de túneis, pois é como se a gente morresse por alguns minutos e depois fosse ressuscitando aos poucos. Mas os túneis fazem parte da estrada, são uma forma de viajar debaixo da terra. Trem me lembra Minas e Minas sempre me lembra trem.

É interessante essa conjugação: trem, Minas e Minas trem. Em Minas, trem está até no linguajar das pessoas e pode significar qualquer coisa e ao mesmo não significar nada. A nossa língua é mesmo muito rica e diversificada. No caso do trem, o que chama a atenção é que ele é uma composição, muitos vagões, uma máquina e pode transportar multidões. Mas não é só em Minas que existe trem. Quando se trata de cargueiro existe em todo o Brasil e nas grandes cidades existe o metrô que é muito útil, pois se trata de um transporte rápido, limpo e de custo médio. Hoje, nas maioria das capitais dos Estados já existe o metrô e em algumas existe o trem metropolitano. Mas o trem mineiro está em todo lugar, está no linguajar do dia a dia, na fila, no comércio, no trânsito e até nas igrejas. O mineiro fala "trem" de um jeito diferente, parece que sente o sabor do trem na boca e degusta o "seu trem" demoradamente. Ninguém fala trem como o mineiro. Já vi alguém tentar, mas não me convenceu. Para o mineiro, trem pode ser qualquer coisa, até um alimento, uma pessoa, um animal, uma roupa, um veículo, um objeto qualquer e até uma mulher. A diferença está no modo de falar que só mineiro tem. Na boca de uma mulher, a palavra trem se derrete, se transforma e tem uma outra conotação. A primeira vez que eu viajei no trem da Vale foi a realização de um sonho, foram só sete horas até Governador Valadares, mas valeu a experiência, a paisagem, os túneis, as pontes e as curvas. A vida se alonga, as montanhas azuis se projetam, o céu chega perto e sorri.

Trem me lembra Minas e Minas me lembra trem. Se trem fosse um verbo ele seria conjugado de todas as formas, presente, passado, futuro e eternidade. Mas o verbo é ação e o trem é ação e reação, é poema e canção na boca do exímio poeta. A vida é um túnel, muitas vezes escuro e mal ventilado, mas com fé chegaremos bem do outro lado e cantaremos e canção da vitória. O tempo vai se abrir, o sol irá surgir, o vento vai soprar nas folhas e nas flores com seus perfumes e cores. Nesse trem todos nós embarcaremos um dia e voaremos com alegria até a nossa estação final. Veremos todos que lá estão a nos esperar e a todos vamos abraçar e dizer: "Combati o bom combate, acabei a carreira, guardei a fé. Desde agora, a coroa da justiça me está guardada, a qual o Senhor, justo juiz, me dará". (2 Timóteo 4.7-8)
Mogi Guaçu - SP
Textos publicados: 506 [ver]

Os artigos e comentários publicados na seção Palavra do Leitor são de única e exclusiva responsabilidade
dos seus autores e não representam a opinião da Editora ULTIMATO.

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.