Apoie com um cafezinho
Olá visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Palavra do leitor

Produzo Frutos do espírito ou Frutos do Espírito?

Gostaria de introduzir o assunto trazendo o conceito de plantio. Segundo o site EV Ambiental plantio "está diretamente ligado à ação de semear, lançar na terra a semente para que a planta germine, cresça e dê fruto.", ou seja, a palavra plantio e semear são sinônimos e faz lembrar a parábola que Cristo trouxe sobre o semeador. Nesta parábola Jesus diz:

Então lhes falou muitas coisas por parábolas, dizendo: "O semeador saiu a semear. Enquanto lançava a semente, parte dela caiu à beira do caminho, e as aves vieram e a comeram. Parte dela caiu em terreno pedregoso, onde não havia muita terra; e logo brotou, porque a terra não era profunda. Mas quando saiu o sol, as plantas se queimaram e secaram, porque não tinham raiz. Outra parte caiu entre espinhos, que cresceram e sufocaram as plantas. Outra ainda caiu em boa terra, deu boa colheita, a cem, sessenta e trinta por um. Aquele que tem ouvidos para ouvir, ouça!" (Mateus 13:3-9).

E explicou o seguinte sobre a parábola:
"Portanto, ouçam o que significa a parábola do semeador:
Quando alguém ouve a mensagem do Reino e não a entende, o Maligno vem e lhe arranca o que foi semeado em seu coração. Este é o que foi semeado à beira do caminho. Quanto ao que foi semeado em terreno pedregoso, este é aquele que ouve a palavra e logo a recebe com alegria. Todavia, visto que não tem raiz em si mesmo, permanece por pouco tempo. Quando surge alguma tribulação ou perseguição por causa da palavra, logo a abandona. Quanto ao que foi semeado entre os espinhos, este é aquele que ouve a palavra, mas a preocupação desta vida e o engano das riquezas a sufocam, tornando-a infrutífera. E, finalmente, o que foi semeado em boa terra: este é aquele que ouve a palavra e a entende, e dá uma colheita de cem, sessenta e trinta por um". (Mateus 13: 18-23)

Diante desta passagem podemos refletir que nosso coração é um terreno, que pode ou não estar preparado para ser semeado. Assim como, o solo deve ser arado; receber gradagem (romper os torrões de solo formados pela pressão do arado); tudo isso tendo uma antecedência de um ou dois meses antes do plantio, nosso coração também precisa estar preparado para receber a Palavra de Deus e quem o prepara e semeia nele é Deus. Ele é o agricultor como veremos em João 15:1: "Eu sou a videira verdadeira, e meu Pai é o agricultor.".

Se o agricultor saiu para plantar árvores é esperado que seus frutos fossem produzidos e que sejam considerados por quem produz e por quem as consome como oriundas de uma boa safra. Fatores como o clima, irrigação e as condições do solo contribuirão muito para que seja um fruto saboroso. Trazendo para a nossa caminhada com Cristo, podemos perceber que, quando nossos corações são quebrantados pelo arado e pela gradagem de Deus nos arrependemos e recebemos como meio de Graça a Palavra que Ele está semeando. Ela encontra terreno fértil para germinar, crescer e dar muitos bons frutos. E esta árvore plantada em nossos corações é a videira verdadeira, Jesus. E nós quando somos enxertados Nele, ao crermos como nosso Senhor e Salvador, somos os ramos que por meio do Espírito Santo temos a capacidade de produzir bons frutos.

Jesus afirmou em João 15:3: "Vocês já estão limpos, pela palavra que lhes tenho falado.", pois a palavra de Deus vem para revelar toda a sujeira, todo entulho que temos guardado em nossos corações. Quando nos deparamos com nossas mazelas; pecados; ídolos e conceitos mundanos e enxergamos quem é O agricultor entendemos a escolha de nos arrepender e renunciar tudo por amor a Cristo, o que nos permite permanecer Nele. Pois só há condições de semear em um solo limpo de entulhos, espinhos e pedras. Quando isso ocorre, a árvore germina em nosso coração, sendo regado pelo Espírito Santo, cresce e se torna uma linda Videira, na qual nós como seus ramos recebemos tudo o que é necessário para dar frutos, a Sua Palavra.
Todo ramo que, estando em mim, não dá fruto, ele corta; e todo que dá fruto ele poda, para que dê mais fruto ainda. (João 15:2)

A partir deste entendimento fica a pergunta, estamos produzindo frutos do espírito ou frutos do Espírito? Temos permanecido em Cristo, ou em nosso próprio entendimento, ou nas vãs filosofias deste mundo? Quando produzimos frutos do espírito oferecemos frutos que caem da árvore por estar apodrecido, são produzidos por um coração que não está permanecendo em Jesus, e não passam de obra da carne, são eles: "Ora, as obras da carne são manifestas: imoralidade sexual, impureza e libertinagem;
idolatria e feitiçaria; ódio, discórdia, ciúmes, ira, egoísmo, dissensões, facções
e inveja; embriaguez, orgias e coisas semelhantes. Eu os advirto como antes já os adverti que os que praticam essas coisas não herdarão o Reino de Deus."
(Gálatas 5:19-21).
Boa Vista - RR
Textos publicados: 9 [ver]

Os artigos e comentários publicados na seção Palavra do Leitor são de única e exclusiva responsabilidade
dos seus autores e não representam a opinião da Editora ULTIMATO.

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.