Apoie com um cafezinho
Ol? visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Palavra do leitor

O homem e a síndrome de escorpião

Jamais despreze alguém por não satisfazer-te em seu modo de ver a vida.
Sabe aquela pessoa que você despreza e acredita que um dia jamais produzirá alguma coisa boa? Às vezes falta apenas uma oportunidade. Sim, uma oportunidade. E quem tem a oportunidade que não a desperdice.

Confiança! Confiar em alguém hoje em dia é algo muito difícil. Às vezes é como cuidar de uma serpente que no futuro irá atacar-nos. Não sabemos quem possui ou não o mesmo instinto de uma serpente oportunista, rápida, venenosa e perigosa. Ela simplesmente espera o momento oportuno e letalmente ataca. Uma vez só e letalmente acaba com sua vítima. Em quem confiar? Uns dizem: em ninguém.

Aprendi um dia em uma aula que deveríamos sempre dar oportunidade às pessoas. Nem sempre foi assim comigo, mas tive oportunidades, sim. As que foram boas e aproveitei-me, tive êxito, as boas que não aproveitei, arrependi-me. Mas como dar oportunidade a uma pessoa sem pensar ou querer saber se ela irá te picar no fim? É simples!

É questão de caráter. Não é questão de ser bom, de ser religioso. A religião ajuda. Mas não é o fim em si. Não é por ser evangélico, não é por ser espírita, budista, candomblecista, umbandista, muçulmano, messiânico, é questão de caráter, e esse, se aprimora. Nosso caráter se aprimora se permitirmos. Não! Ninguém é bonzinho. Todos somos tendenciosos ao mal. Infelizmente. Todos. Raramente você vê uma pessoa com alguns desvios fazer coisa boa. "Raramente". Mas há quem faça sim.

Pode notar que quando um mal caráter comete um crime hediondo, e atenta contra a vida de alguém, outro mal caráter o imputa como inimputável. Por ter desvios mentais. Mentira! É apenas para aliviar ou evitar a prisão. O caráter é a personalidade em movimento, é a personalidade em ação. A personalidade não muda, nascemos com ela. Podemos aprimorar nossas atitudes oriundas dela.

Logo, todos podemos nos aprimorar ou ajudar ao próximo a aprimorar-se, se permitirmos. E uma questão de oportunidade. Para nós e para o próximo.
Por fim, o que fazer para sabermos se vale a pena ajudar uma pessoa? Já adiantando, sim vale a pena. Jamais saberemos se a pessoa vai ser grata ou não, se vai aproveitar ou não, se falsamente vai nos causar dano depois de ser ajudada ou não.

Certa feita, um homem viu um escorpião afogando-se em um charco e ajudou-o a salvá-lo. Pegou o escorpião com as próprias mãos para atravessá-lo e livrá-lo da morte por várias vezes. E todas as vezes que o homem tentou ajuda-lo, o escorpião o picou, mas aquele homem não desistiu.

Uma pessoa o viu sendo picado todas as vezes pelo escorpião e o questionou:
Você não sabe que ele vai te picar? Por que insiste? Respondeu o homem: É questão de natureza. Ele a de traiçoeiramente picar e matar, e eu de ajudá-lo. Jamais deixarei de impedir que seja morto, jamais permitirei que morra por conta de sua natureza. Apenas somos diferentes.

Assim é Deus! Conhece nossa natureza e sempre está disposto a dar-nos oportunidade de vida. Somos ingratos, e temos natureza fadada a destruir-nos. Mas podemos aprimorar nosso caráter se desejarmos e como aquele homem, sempre ajudar uma pessoa em sua necessidade, ainda que pense não valer a pena.

Sabe o escorpião? Ele é importante por aniquilar animais peçonhentos que podem causar-nos danos irreparáveis. Portanto sabe aquela pessoa que você não confia? Que você não gosta sem jamais ter convivido? Que acha não ser importante para ti? Ela tem sua importância sim! Como disse, não é questão de religião, é questão de caráter. Não importa o alheio, importa o nosso. Ao ajudar ao próximo a aprimorar-se, nos aprimoramos a nós mesmos. Jamais despreze alguém por não satisfazer-te em seu modo de pensar, viver e ver a vida. Não somos perfeitos. Todos cometemos erros, e todos temos nosso valor. Todos.

Todos somos falhos, pecadores e sem o arrependimento somos destituídos da presença de Deus; mas temos a esperança de sermos justificados não por nossos atributos humanos, porém pela graça, pela redenção que há em Cristo Jesus.

• Marcos Reis
Romanos 3:23-24
Os artigos e comentários publicados na seção Palavra do Leitor são de única e exclusiva responsabilidade
dos seus autores e não representam a opinião da Editora ULTIMATO.

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.