Apoie com um cafezinho
Olá visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Palavra do leitor

Muitos correm nos Estádios, mas apenas um é coroado!

Estamos vivendo um clima de alegria, um "sonho" de sermos consagrados "hexacampeões" de futebol, na Copa do Mundo realizada na Rússia; o povo se esqueceu dos desencantos políticos, econômicos, de [in] segurança pessoal e coletiva, mas só um estado da Federação está sob intervenção federal – parece uma luta "sem tréguas", pois o crime se tornou um "estado paralelo" muito forte e bem armado.

Isto me levou a refletir o texto da Palavra de Deus, dito pelo Apóstolo Paulo: "Vocês não sabem que de todos os que correm no estádio, apenas um ganha o prêmio? Todos os que competem nos jogos se submetem a um treinamento rigoroso, para obter uma coroa que logo perece; mas nós o fazemos para ganhar uma coroa que dura para sempre. Sendo assim, não corro como quem corre sem alvo, e não luto como quem esmurra o ar. Mas esmurro o meu corpo e faço dele meu escravo, para que, depois de ter pregado aos outros, eu mesmo não venha a ser reprovado" (I Co. 9. 24-27 NVI).

Paulo se refere aos jogos, à época, já existentes na antiga Grécia, que deram origem às Olimpíadas dos dias de hoje, nas quais competem os mais variados tipos de esporte individuais e em equipe. Nos individuais apenas um atleta recebe a "Coroa [medalha] de Ouro", tão cobiçada; nos esportes coletivos apenas uma equipe leva a referida premiação, mas há um velho lema olímpico: "o importante não é ganhar, mas competir!" (sic).

Em outra tradução, a Palavra de Deus quando diz que a coroa perece, usa a expressão "coroa corruptível", que é aquela que facilmente perde a cor do ouro e assume a cor de ferrugem [talvez pudéssemos dizer "bonita por fora, mas feia por dentro", como os túmulos caiados aos quais o Senhor Jesus uma vez se referiu].

O Senhor Jesus prometeu um "prêmio" para os seus seguidores e, neste nosso tempo em que os dias finais se aproximam, conforme explanei no texto anterior, "A fuga", Ele foi muito claro dizendo que temos morada junto ao Pai, que Ele estava indo para o céu e iria nos preparar morada e que, em seguida [no tempo de Deus e não no nosso] VIRIA NOS BUSCAR [arrebatamento] para com Ele habitarmos onde Ele está:

"Não se turbe o vosso coração; credes em Deus, crede também em mim. Na casa de meu Pai há muitas moradas. Se assim não fora, eu vo-lo teria dito. POIS VOU VOS PREPARAR LUGAR. E, quando eu for e vos preparar lugar, VOLTAREI E VOS RECEBEREI para mim mesmo, para que, onde eu estou, estejais também" (Jo. 14. 1-3).

Muitos dizem ter "medo" do livro de Apocalipse e chegam até mesmo a descrer de suas palavras; por isso é que cito Palavras do próprio Senhor Jesus, pois d’Ele é mais difícil duvidar; se Ele prometeu, vai acontecer, vai ser cumprido rigorosamente. [O Apocalipse foi ditado pelo Senhor Jesus a João].

Essa vinda do Senhor Jesus, para nos levar para com Ele morar, não é a 2ª. vinda AINDA, eis que Ele não pisará a terra; encontrar-nos-emos com Ele nos ares, entre nuvens, conforme Deus nos ensina, pela pena de Paulo:

"Porquanto o Senhor mesmo, dada a sua palavra de ordem, ouvida a voz do arcanjo e ressoada a trombeta de Deus, descerá dos céus, e os mortos em Cristo [convertidos, EM VIDA, ao Senhor Jesus] ressuscitarão primeiro; depois, nós, os vivos, os que ficarmos, SEREMOS ARREBATADOS com eles, entre nuvens, para o encontro do Senhor NOS ARES, e, assim, estaremos para sempre com o Senhor. Consolai-vos, pois, uns aos outros com estas palavras" (I Ts. 4. 16-18).

Como ocorreu no Dilúvio, como ocorreu em Sodoma e Gomorra, Deus tem o cuidado de resgatar os seus servos fiéis ANTES DO JUÍZO que destrói tudo e todos; então seremos RESGATADOS antes da tribulação à qual Ele se referiu: "porque nesse tempo haverá GRANDE TRIBULAÇÃO, como desde o princípio do mundo até agora não tem havido, nem haverá jamais" (Mt. 24. 21).

Uma vez não mais havendo quem o impeça, pois os cristãos serão retirados da terra [na metade, 3 ½ anos da vigência do ACORDO DE PAZ profetizado por Daniel no capítulo 9, versículo 27], o anticristo se revela, se assenta no templo, como se fosse o próprio Deus, e promove grande perseguição aos que não foram arrebatados; só então, no final, o Senhor Jesus volta [2ª. Vinda], aí sim pisando a terra, Monte das Oliveiras (Zc. 14. 4), e passa a reinar sobre todas as nações, a partir de Jerusalém, por mil anos.

Todos estamos no "estádio" lutando, competindo! Cada qual quer fazer mais "boas obras" para o pretendido alcance da Salvação de nossas almas, MAS O PREÇO JÁ FOI PAGO, o Senhor Jesus DEU A SUA VIDA POR NÓS, ninguém mais fez isso, por mais santo [a] que tenha sido.

"A salvação é graça de Deus, MEDIANTE A FÉ NO SENHOR JESUS, NÃO DE OBRAS PARA QUE NINGUÉM SE GLORIE" – as obras são necessárias sim, e são feitas como fruto da salvação já conquistada; a salvação segunda, da Grande Tribulação, não é para os seguidores do Senhor Jesus, tendo em vista o arrebatamento anterior.

"Agora, pois, já nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus" (Rm. 8. 1).

"Te guardarei da hora da provação" (Ap. 3 10).

Pense nisto!
São Paulo - SP
Textos publicados: 524 [ver]
Site: http://www.sefiel.com.br

Os artigos e comentários publicados na seção Palavra do Leitor são de única e exclusiva responsabilidade
dos seus autores e não representam a opinião da Editora ULTIMATO.

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.