Apoie com um cafezinho
Ol? visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Palavra do leitor

É uma questão de prioridade [e santidade]!

Aprender e viver a Palavra de Deus é uma questão de prioridade na vida do cristão; não apenas para "guardar no coração", embora o salmista tenha registrado: "Guardo no coração as tuas palavras para não pecar contra ti" (Salmo 119. 11), mas para nos santificar.

Esdras havia decidido dedicar-se a estudar a Lei do Senhor e a praticá-la e a ensinar os seus decretos e mandamentos aos israelitas: "Porque Esdras tinha disposto o coração para buscar a lei do Senhor, e para a cumprir, e para ensinar em Israel os seus estatutos e os seus juízos" (Esdras 7.10).

Aprender tudo o que for possível não só para conhecimento próprio, não para satisfazer o próprio "ego", mas, e principalmente, para compartilhar, ensinar, servindo assim ao único e verdadeiro Deus, que é quem criou este mundo e tudo o que nele há.

Aprender e praticar a Palavra de Deus não deve ser para receber favores de Deus, mas para obedecer e agradar ao Senhor sendo um exemplo no estudo bíblico, como o foi, por exemplo, o próprio Esdras, já citado.

A Palavra de Deus nos ensina: "Buscai, pois, em primeiro lugar [prioridade], o seu reino e a sua justiça, e todas as demais coisas vos serão acrescentadas" (Mateus 6. 33); então, em obediência ao Senhor Jesus, deve ser esta a prioridade, 24 horas diariamente, não só no domingo; assim, também, podemos obedecer à Grande Comissão que o Senhor Jesus nos deixou:

- fazer discípulos/ensinar (Mateus 28.19);

- pregar o evangelho a toda criatura (Marcos 16.15);

- ser testemunha até aos confins da terra (Atos 1. 8).

Como fazer isso 24 horas diárias?

- Realizando os nossos trabalhos rigorosamente perfeitos, e com dedicação em todas e quaisquer funções do nosso cargo;

- Andando na rua com decência e com respeito aos nossos semelhantes aproveitado, se possível, para testemunhar de Cristo;

- Na condução dar prioridade aos idosos, deficientes, gestantes, alguém com criança no colo e mulheres em quaisquer condições [cortesia];

- Não buscar subterfúgios, quando empresário, para burlar o fisco;

- Devolver o troco quando o receber a maior;

- Buscar o dono de algo encontrado perdido etc.

Tudo isso é exemplo banal, sabemos que a nossa postura em todo e qualquer local, em toda e qualquer situação deve espelhar a figura do Senhor Jesus [somos carta de Cristo]; lembrando que devemos fazer tudo como se fosse para o Senhor:

"Tudo quanto fizerdes, fazei-o de todo o coração, como [se fosse] para o Senhor e não para homens" (Colossenses 3. 23).

Podemos citar ainda: "Portanto, quer comais, quer bebais ou façais outra coisa qualquer, fazei tudo para a glória de Deus" (I Coríntios 10. 31); assim, em cada ação, em cada palavra, em cada gesto devemos perguntar antes, ao nosso coração: - isto glorifica a Deus? Se não, é melhor não ir em frente!

Finalmente, afirmo que sem serviço a Deus a fé é apenas teoria, mas ativismo sem fé é desperdício! [autor desconhecido].

Pense nisto!
São Paulo - SP
Textos publicados: 572 [ver]
Site: http://www.sefiel.com.br

Os artigos e comentários publicados na seção Palavra do Leitor são de única e exclusiva responsabilidade
dos seus autores e não representam a opinião da Editora ULTIMATO.

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.