Apoie com um cafezinho
Ol? visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Por Escrito

Por que Deus se importa comigo?

Por Ebeneser Nogueira
 
A grama é verde e posso ouvir o barulho do riacho logo à frente. O Pastor é bom. O pasto é bom. Eu não sou bom. Não consigo aquietar meu louco coração, e quando as sombras vêm, eu vou com elas e me escondo em sua sedutora escuridão. Sei que não devo ir, mas sempre vou. Quando abro os meus olhos, há muito já deixei a segurança da pradaria pelos perigos da densa floresta. Na tentativa de me achar, me perco cada vez mais. E nem sempre acho o caminho de volta. Me perco cada vez mais numa noite longa e triste, sem a certeza do amanhecer, sem a beleza do esclarecer, sem a liberdade de ser, sem a segurança de pertencer.
 
Quando o desespero já me envolveu em seus braços frios, quando a dor já deixou de ser visita e tornou-se uma inquilina indesejada, quando o grito já virou soluço, eu ouço a Voz. Eu reconheço a Voz. Minha mente não consegue compreender porque Ele ainda me quer. Por que Ele gasta tempo à minha procura? Por que se importa? Por que me ama se sabe que vou fugir outra vez?
 
Tenho o discurso pronto, mas Ele não quer ouvir. Sua luz revela o quão longe eu fui! Tão distante que não restou força alguma para retornar. Ele sabe disso e me ergue em Seus braços. Nenhuma crítica, nenhum julgamento, nenhuma condenação, apenas passos vigorosos de volta pra casa. Seu abraço e as batidas do Seu coração me dizem o quanto me ama. Eu choro. Choro por saber. Saber que Ele me perdoou e me quer para Si. Choro por não saber. Não saber se desejarei fugir novamente. 
 
Minha esperança é que Ele me amarre perante as minhas noventa e nove irmãs, para servir de exemplo. Que a vergonha e a punição me consertem. No entanto, Ele me deixa livre! 
 
Quando Ele me pega olhando para a floresta distante, põe a mão sobre mim e me diz sorrindo: “Não vá passear sozinho. É perigoso. Leve dois guarda-costas”. E assim, Bondade e Misericórdia já estão a postos quando coloco o pé na estrada. Só assim consigo voltar pra casa.

Nota: Texto publicado originalmente na revista Salvacionista, ano 11 nº 6 (novembro/dezembro de 2018). Reproduzido com permissão.
 
• Ebeneser Nogueira é major supervisor regional do Exército de Salvação no Paraná e Santa Catarina.

 

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Leia mais em Por Escrito

Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.