Apoie com um cafezinho
Ol? visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Opinião

Lendo os Salmos

RESENHA

Lendo os Salmos é uma obra estimulante que aborda salmos selecionados de forma esclarecedora, bem-humorada, e com a característica marcante da humildade, honestidade e submissão com que C. S. Lewis examina as Escrituras, com a finalidade de levar o leitor a ver a verdade, a glória e a beleza da Lei do Senhor.

Neste livro, C.S. Lewis examina, reflete e faz perguntas difíceis sobre os Salmos e diz que o mesmo não é uma obra acadêmica, mas um livro escrito por um amador em teologia, não faz nenhuma reivindicação de autoridade sobre o tema, e que quer apenas compartilhar observações sobre as dificuldades e o deleite ele tem experimentado lendo os Salmos. É importante lembrar que Lewis não era teólogo, mas um expert em crítica literária inglesa do período medieval.

Lewis acreditava que os Salmos devem ser visto e lidos como poemas para louvor e não como afirmações teológicas. O principal padrão é a repetição, fazendo a mesma afirmação de formas paralelas e clarificadoras.

Lewis começa com as partes difíceis ligadas ao Julgamento e ao ódio; este expresso (e erradamente) em alguns salmos. O ódio tem a finalidade de mostrar o resultado de ferir o próximo, mas a correção é apresentada quando os Provérbios admoestam ao perdão dos inimigos.

Após estas dificuldades, ele discute o significado e o deleite na Lei do Senhor. No Salmo 119, o mais elaborado deles, Lewis chama atenção para a realidade da Lei como verdadeira e guia fiel de como podemos viver no universo fundamentado na própria natureza do Criador. A Lei do Senhor brilhou com esplendor no contexto das religiões pagãs que circundavam o povo judeu.

Em seguida, Lewis mostra como os salmistas regozijam-se na Natureza, crendo, como fazendeiros, que a Criação é obra de um Deus único, um conceito revolucionário naquele tempo.

Finalmente, Lewis faz a conexão dos Salmos com o calendário da Igreja e entre a humanidade de Cristo no Natal e sua divindade na Pascoa.

Lewis mostra, de forma admirável, sua apreciação aos Salmos quando diz:
“A coisa mais valiosa que os salmos me trazem é a expressão desse mesmo prazer em Deus que fez Davi dançar”. (p 53)

Lewis vai além quando fala como o louvor e o deleite do Senhor estão conectados quando escreve:
Penso que temos prazer em louvar o que apreciamos porque o louvor não somente expressa como também complementa a apreciação; ele é a própria consumação dessa apreciação. Quando amantes continuamente dizem um ao outro o quão belo ele (ou ela) é, não o fazem apenas por dever; o prazer e incompleto até que seja expresso. É frustrante descobrir um novo autor e não poder dizer a ninguém quão bom ele é”. (p 102)

“O catecismo escocês diz que o fim supremo do homem é ‘glorificar a Deus e desfrutá-lo para sempre’. Mas então saberemos que essas coisas são a mesma coisa. Desfrutar plenamente é glorificar. Ao ordenar que o glorifiquemos, Deus está nos convidando a desfrutarmos dele”. (p 103)

Lewis também é muito contundente quando fala sobre a hipocrisia religiosa:
“Se o chamado divino não nos tornar melhores, nos tornará muito piores. De todos os homens maus, os homens maus religiosos são os piores. De todos os seres criados, o mais maldoso é aquele que originalmente ficava na presença do próprio Deus”. (p 38)

Em Lendo os Salmos Lewis toca em questões de importância para a caminhada de cada cristão de forma a trazê-los para a nova vida que há em Cristo.
Muito mais se poderia dizer sobre este pequeno livro de reflexões sobre os Salmos que o Lewis escreveu despretensiosamente, mas acredito que o leitor que busca sabedoria não demorará muito a descobrir as preciosidades e renovará seu deleite de continuar a meditar na Palavra, “lendo os Salmos”.

• Paulo F. Ribeiro, PhD, é professor de Engenharia Elétrica na Universidade Federal de Itajubá (MG). Vem do Vale do Pajeú e é torcedor do Santa Cruz.

Leia também
C. S. Lewis e os salmos
Refeições Diárias com os Salmos (e-book) 
Salmos -- para buscar a Deus e encontrá-lo (revista Ultimato 351)

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Leia mais em Opinião

Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.