Apoie com um cafezinho
Olá visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Por Escrito

J.I. Packer, o legado de um defensor da fé evangélica

Por Reinaldo Percinoto Jr.
 
James Innell Packer, conhecido mundialmente como J. I. Packer, faleceu no último dia 17 de julho, aos 93 anos. Nascido na Inglaterra, ele cresceu num lar modesto e num ambiente religioso marcado pelo anglicanismo nominal.
 
Sua conversão a Cristo ocorreu pouco tempo depois de chegar à universidade, em Oxford, ao ter contato com o grupo de estudantes cristãos que atuava naquele campus. Foi em Oxford também que ele ouviu pela primeira vez as palestras de C. S. Lewis, que passou a exercer grande influência na vida e no ministério de Packer.
 
Na Inglaterra, onde Packer passou metade de sua vida, ele serviu à causa do Evangelho como professor de teologia em várias faculdades e como um dos mais influentes líderes da Igreja Anglicana, ao lado de John Stott e Martyn Lloyd-Jones. A segunda metade de sua carreira foi vivenciada no Canadá, mais precisamente em Vancouver, onde foi professor no prestigiado Regent College. 
 
Para entendermos melhor o impacto de seu ministério, convém lembrar que a revista Time, em 2005, o destacou como um dos 25 evangélicos mais influentes; e que, numa lista preparada pela Christianity Today com os 50 livros que mais moldaram a vida dos evangélicos americanos, seu livro mais famoso – “O conhecimento de Deus” - apareceu na quinta posição. 
 
Talvez o principal legado de Packer tenha sido sua contribuição na defesa da autoridade e confiabilidade da Bíblia, o que acabou fazendo dele uma espécie de porta-voz do evangelicalismo conservador. Nesta posição, ele inevitavelmente acabava envolvido em controvérsias e debates com outros pensadores cristãos, mas sempre cultivando uma notável humildade e uma disposição para “construir pontes” de diálogo em busca de um terreno comum a todas as tradições cristãs. Como escreveu Bruce Hindmarsh, ex-aluno de Packer e também professor no Regent College, ele sempre buscava “unir os cristãos em torno do ensino bíblico e uma consideração ponderada da história da igreja”.      
 
Outro aspecto unificador na vida de Packer foi a valorização das “pessoas comuns”. Por esse motivo ele chegou a considerar-se um “catequista adulto”, privilegiando o ensino sistemático das doutrinas bíblicas para o “cristão comum”. Aliás, apesar de ser muito conhecido como autor e palestrante, Packer sempre se identificou como um “teólogo a serviço da igreja”, se dedicando especialmente à formação dos futuros pastores.
 
Embora tenha se tornado um dos pensadores evangélicos mais famosos de sua época, Packer nunca se preocupou com cargos de prestígio ou posições de visibilidade, e aqueles que conviveram mais de perto com ele observam que para ele conversar com um grupo de adolescentes numa sala de estar seria tão valioso quanto apresentar-se a um auditório lotado. 
 
Nas palavras de Leland Ryken, um dos seus biógrafos, Packer “foi, acima de tudo, útil para o Reino e seu Rei”.
 
Com lançamento previsto para setembro de 2020, o novo devocionário de Ultimato para 2021, Conhecendo a Deus ao Longo do Ano, terá como fio condutor das meditações diárias precisamente o livro clássico de J. I. Packer, O Conhecimento de Deus. Imperdível!

Com informações de: Leland Ryken, “J. I. Packer, autor de "O conhecimento de Deus", morre aos 93 anos”, in: Christianity Today, 17/07/2020.

 
Reinaldo Percinoto Junior mora em Viçosa, MG, com sua esposa Maira e seus dois filhos, João Marcos e Daniel.
  • Textos publicados: 20 [ver]

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Leia mais em Por Escrito

Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.