Apoie com um cafezinho
Olá visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Notícias

Distribuição de Bíblias cresce onde há perseguição a cristãos

A perseguição a cristãos não diminui a distribuição de Bíblias. É o que mostram algumas estatísticas da Sociedade Bíblica Internacional (USB - United Bible Societies), instituição presente em mais de 200 países. Segundo a USB, o crescimento na distribuição de Bíblias foi, no geral, 6% maior nos países que sofrem perseguição se comparados aos países com liberdade religiosa.

Na Síria, por exemplo, foram distribuídas 19 mil Bíblias em 2012 e 163.105 em 2013: um crescimento de 758% em um ano. No Iraque o crescimento foi de 132% comparado a 2012, com 66 mil Bíblias distribuídas. Laos foi outro país com um crescimento substancial de 159%, com 21 mil Bíblias distribuídas. Outros países constam na lista de grande crescimento como: Egito, Nigéria, Irã; Arábia Saudita, etc.

Segundo o ranking 2014 de países mais opressores ao Cristianismo da Missão Portas Abertas, saiba a posição dos países citados: Síria (3º), Iraque (4º), Laos (21º), Egito (22º), Nigéria (14º), Irã (9º), Arábia Saudita (6º).

“A perseguição não tem intimidado nossos irmãos em buscar refúgio na Palavra de Deus. Glórias sejam dadas ao Autor dessa Palavra transformadora”, diz o missionário O.F., que trabalha no Oriente Médio.
Equipe Editorial Web
  • Textos publicados: 1174 [ver]

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Leia mais em Notícias

Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.