Apoie com um cafezinho
Ol? visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Notícias

Água tratada chega para indígenas do Brasil até 2010

(Agência Brasil) Comunidades indígenas do Centro-Sul, Nordeste e do Amazonas vão ter água potável até 2010. O Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) prevê R$ 16 milhões para atender 80 comunidades indígenas em 23 estados brasileiros.

Segundo o presidente da Fundação Nacional da Saúde, Danilo Fortes, as crianças vão ser as maiores beneficiadas com a água potável, pois não estarão mais suscetíveis a doenças causadas por água contaminada.

Somando a isso, a Funasa realiza um programa de vigilância alimentar, o Sistema Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (Sisan), que atende cerca de 50% das aldeias indígenas no Brasil e faz acompanhamento nutricional das crianças de zero a cinco anos de idade.

"Fazemos distribuição de cestas básicas para que as mães dêem os nutrientes necessários para que a criança cresça saudável".

Fortes argumenta que em breve será possível se igualar a porcentagem de crianças indígenas saudáveis com a da população não indígena. "Eu estou muito otimista com esse avanço porque acho ser uma forma de dar uma resposta direta a essa situação que ainda se encontra com os índios brasileiros", conclui.

Na região do Amazonas a Funasa pretende atender 90% das aldeias. As obras vão englobar um sistema de captação da água da chuva que atenderá também as comunidades ribeirinhas que sofrem com a seca em algumas épocas do ano. "Inclusive no Amazonas como tem água abundante da foz do rio da bacia hidrográfica nós vamos fazer um projeto de captação com a água da chuva", afirma o presidente da Funasa. 

As obras já começaram am alguns estados. No último dia 12, índios da aldeia Yawalapiti, no Alto Xingu (MT), começaram a receber água tratada na porta de suas casas. O projeto faz parte de uma seleção de obras divulgadas nesta semana e que vai atender municípios com até 50 mil habitantes que apresentam altas taxas de mortalidade infantil.

Fonte: www.agenciabrasil.gov.br

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Leia mais em Notícias

Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.