Apoie com um cafezinho
Olá visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Palavra do leitor

Os isolados no fundo caverna da alma, podem enxergar a visão surpreendente da glória de Deus.

Elias teve medo e fugiu para salvar a vida. Foi para Berseba, uma cidade em Judá, e ali deixou seu servo. Depois, foi sozinho para o deserto, caminhando o dia todo. Sentou-se debaixo de um pé de giesta e orou, pedindo para morrer. "Já basta, Senhor ", disse ele. "Tira minha vida, pois não sou melhor que meus antepassados que já morreram." Então ele se deitou debaixo do pé de giesta e dormiu. Enquanto dormia, um anjo o tocou e disse: "Levante-se e coma!".

Elias olhou em redor e viu, perto de sua cabeça, um pão assado sobre pedras quentes e um jarro de água. Ele comeu, bebeu e se deitou novamente. O anjo do Senhor voltou, tocou-o mais uma vez e disse: "Levante-se e coma um pouco mais, do contrário não aguentará a viagem que tem pela frente". Elias se levantou, comeu e bebeu, e o alimento lhe deu forças para uma jornada de quarenta dias e quarenta noites até o monte Sinai, o monte de Deus. 1Rs19:3-8

Elias por um tempo esqueceu os sonhos de Deus e se perdeu, já não tinha mais o desejo de viver, sua alma encontrou-se em um estado de não conseguir enxergar Deus e suas promessas, nem em seu servo conseguiu enxergar um apoio, isso estava claro era com Deus e Elias, Deus levando o profeta por suas aflições para o mesmo cumprir sua vontade soberana, de mostrar a ele os sonhos que tinha, que ele mesmo não mais enxergava, Elias deitou novamente, isso nos mostra como o coração humano pode viver mesmo sendo alimentado por um anjo de Deus ou mesmo um grande apoio, a consciência ainda é lenta para renovar, mesmo vendo o cuidado de Deus sua alma ainda quer estar sonolenta, quer estar perdida dos planos de Deus, sua alma se encontra por um caminho bem diferente e
um lugar onde aparentemente parece ser o lugar certo a estar, mas que é só um caminho
passageiro a qual Deus permitiu passar para mostrar que o lugar Dele era no monte de Deus, quando nos encontramos no monte de Deus, Ele também nos pergunta:

Ali encontrou uma caverna onde passou a noite. Então o Senhor lhe disse: "O que você faz
aqui, Elias?". Ele respondeu: "Tenho servido com zelo ao Senhor , o Deus dos Exércitos.
Contudo, os israelitas quebraram a aliança contigo, derrubaram teus altares e mataram todos os teus profetas. Sou o único que restou, e agora também procuram me matar". "Saia e ponha-se diante de mim no monte", disse o Senhor . E, enquanto Elias estava ali, o Senhorpassou, e um forte vendaval atingiu o monte. Era tão intenso que as pedras se soltavam do monte diante do Senhor , mas o Senhor não estava no vento. Depois do vento houve um terremoto, mas o Senhor não estava no terremoto. Depois do terremoto houve fogo, mas o Senhor não estava no fogo. E, depois do fogo, veio um suave sussurro. Quando Elias o ouviu, cobriu o rosto com a capa, saiu e ficou na entrada da caverna. E uma voz disse: "O que você faz aqui, Elias?". Ele respondeu outra vez: "Tenho servido com zelo ao Senhor , o Deus dos Exércitos. Contudo, os israelitas quebraram a aliança contigo, derrubaram teus altares e mataram todos os teus profetas. Sou o único que restou, e agora também procuram me matar". Então o Senhor lhe disse: "Volte pelo caminho por onde veio e vá para o deserto de Damasco. 1Rs 19:9-15a

Então Deus se manifesta de maneira poderosa a Elias, e fala com ele com uma voz suave,
Acredito que a visão dessas coisas deixaria qualquer pessoa aterrorizada, fez ele cobrir o seu rosto, responde a mesma coisa, aparentemente Elias estava focado nas coisas que já fez na rebelião dos israelitas e no que estava acontecendo com os profetas, parece que caiu da graça ao confiar em sua própria capacidade, e esqueceu-se que Deus é o Senhor da história, da história de seus filhos, que mostra o seu poder de maneira inigualável, e com doçura mostra novamente os planos futuros, acredito que neste tempo muitos irmãos estão nessa condição, perderam a visão da glória de Deus, seus olhos estão atraídos para a morte, notícias ruins, desemprego, doenças e etc. estão isolados na caverna de suas almas, perderam os sonhos de Deus, se veem na condição de que não conseguiram ou conseguirão realizar os planos de Deus, e acham que o futuro pode ser de solidão e frustrações, pois já passaram isso antes e pensam que vai se repetir, Elias fugiu devido a Jezabel, mesmo que a injustiça pareça vencer, temos um Deus que no meio das dificuldades, nos ensina que tudo está completamente sob seu controle, ainda que não consigamos ver, e a raiva o medo e a insegurança nos pareça dominar, Ele nos leva para Ele e para a missão que precisamos completar neste mundo, mostrar a todos o seu poder, onde o maior ato da injustiça humana, levou o Filho Único de Deus a morte por nossos pecados, e trazer a vida eterna em sua ressurreição, alguns irmãos podem achar que todo sofrimento não leva a nada, mas Cristo nos mostra e nos leva muitas vezes para ele para que tenhamos uma visão maior da Glória de Deus, assim estaremos com o poder para seguir seu caminho. Leia: Ap 1:3-8.

Amém.
Vitória - ES
Textos publicados: 6 [ver]
Os artigos e comentários publicados na seção Palavra do Leitor são de única e exclusiva responsabilidade
dos seus autores e não representam a opinião da Editora ULTIMATO.

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.