Apoie com um cafezinho
Olá visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Palavra do leitor

"Nisso pensai"

"Quanto ao mais irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, e se há alguma virtude, se há algum louvor, nisso pensai ." Filipenses 4:8 (BKJ 1611)

Além de escrever para agradecer aos irmãos filipenses pela generosa ajuda financeira que recebera para continuar a missão de proclamar o evangelho ao mundo (Fp 4.15-20), o apóstolo Paulo também os incentivam a se manterem unidos (Fp 4.2), permanecendo firmes nos ensinos e no exemplo de Jesus (Fp 2.5-11). Para isso, eles deveriam, dentre outras coisas, renovarem seu modo de pensar, colocando suas mentes e intenções do coração naquilo que os levasse para mais perto da presença do próprio Deus. Tudo o que remetesse a isso deveria ser objeto de pensamento.

As falas de Paulo na carta aos Filipenses não propõe uma forma de fuga da realidade ao nos levar a fingir, por meio de pensamentos otimistas e palavras positivas, que não há desafios e dificuldades. O objetivo de Paulo é mostrar que enquanto servos de Deus precisamos nos lembrar que aquilo que é bom aos olhos de Deus, necessariamente precisa passar a ser objeto de busca do nosso coração, do contrário iremos refletir muitas coisas, menos a imagem do nosso Criador.

O apóstolo não ensina uma fé cristã que esteja distante da realidade humana. Pelo contrário, ele anseia que o amor dos irmãos filipenses seja conhecido por todas as pessoas (Fp 4.5). Por essa razão, preencher a mente com coisas que remetam a Deus seria algo essencial. Se há alguém preocupado em que vivamos a realidade e a enfrentemos como ela de fato é, esse alguém é o próprio Autor da vida (Jo 10.10, At 3.15). Por isso nossos pensamentos não podem ser um instrumento que nos leve a substituir a vida real. Caso outros pensamentos estejam no centro de nossa mente, seremos incapazes de viver a realidade do tempo presente de forma correta, aproveitando ao máximo cada oportunidade e servindo a Deus de todo o nosso coração.

A verdade é que o caminho da alegria e paz plenas está em Cristo e na maneira em que ele nos ensinou a viver (Fp 4.4,7). Se os pensamentos se mantiverem nas perspectivas desse mundo, rapidamente nossos comportamentos também serão influenciados. Portanto, não haverá bons frutos se continuarmos fingindo ser o que não somos, se nos valermos da injustiça para conseguirmos resultados mais rápidos, se nos acostumarmos com a impureza e a falta de afeto nas relações, se considerarmos normal a falta de nobreza no caráter humano. Em resumo, tudo o que não remeta ao exemplo de Cristo, será incapaz de preencher o coração da humanidade. Infelizmente, ainda que de maneira sutil, pensamentos que não nos conecte a Deus nos farão perder a dimensão do tamanho do seu amor e dos planos de esperança para nossas vidas.

Para que o medo ou desespero não tomem conta das nossas vidas, especialmente diante do que estamos enfrentando e do que ainda está por vir, peçamos para que o Espírito Santo nos ajude a conduzir nossa mente para tudo aquilo que dá louvor a Deus e que por consequência também nos abençoa. E que o Deus de paz esteja conosco, conduzindo cada um de nossos passos (Fp 4.9).
Contagem - MG
Textos publicados: 17 [ver]

Os artigos e comentários publicados na seção Palavra do Leitor são de única e exclusiva responsabilidade
dos seus autores e não representam a opinião da Editora ULTIMATO.

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.