Apoie com um cafezinho
Ol? visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Palavra do leitor

Florestas em chamas

Nos últimos meses, assistimos com apreensão e dor as notícias sobre a queimadas nas florestas. em 2019, sofremos com cada vez que eram atualizadas as informações sobre as queimadas na Amazônia, em nosso país. As imagens eram fortes e cortavam o coração, pois a floresta estava sendo destruída pelo fogo, e assim a biodiversidade do local sofria danos enormes com as labaredas do fogo. A fumaça denunciava os focos de incêndio, e os animais tentavam se refugiar nas áreas sem chamas. Os incêndios de 2019 na Amazônia superaram todos os recordes e o estrago foi enorme. Lamentável.

No início de 2020, assistimos perplexo a devastação do fogo queimando as florestas da Austrália e o êxodo dos animais. É um incêndio recorde também, que destruiu muitos quilômetros de matas. O atual incêndio está entre os piores da história da Austrália, gerando mortes de pessoas e de animais. Tanto na Amazônia como na Austrália, o incêndio começou com uma pequena fagulha de fogo.

Ambos os casos, na Amazônia e Austrália, me fizeram lembrar das palavras de Tiago que diz: "Ora a língua é fogo; é mundo de iniquidade; a língua está situada entre os membros de nosso corpo, e contamina o corpo inteiro, e não só põe chamas a toda a carreira da existência humana, como também é posta ela mesma em chamas pelo inferno" (Tiago 3:6). Tiago tem um cuidado enorme ao falar dos malefícios da língua. Tiago nos exorta a refrear a nossa língua, pois os animais recebem "freio na boca" para poderem "obedecer"; assim com os navios, mesmo sendo grandes, são conduzidos pelo pequeno "leme" (cf. Tiago 3:3 e 4). Ele fala que a língua é um "pequeno órgão, se gaba de grandes coisas. Vede como uma fagulha põe em brasas tão grande selva!". Se não controlarmos a língua ela põe fogo nas nossas relações sociais. Todos nós conhecemos os prejuízos e sofrimento de pessoas que sofreram com a maldade de fofocas, de maledicências provocadas pela língua de uma pessoa maldosa. Tomos nós já sofremos com a língua maldosa de alguém, que destila veneno, em cada palavra e em cada expressão.

É terrível ver pessoas usando de forma errada a língua, e assim só falam mal da vida alheia, inventam e transmitem fofocas sem fim, e usam a língua para falar palavras torpes. Somos exortados a fugir das palavras torpes, a nos distanciarmos das palavras maldosas produzidas pelo maligno, a não usamos nossa língua para propagar palavras que não edificam; pelo contrário, aprendemos nas escrituras a usamos nossa língua para edificar as vidas que no cercam, e a bendizermos ao Senhor.

A língua pode ser fogo que incendeia a "carreira da existência humana", mas também pode abençoar- no sentido de proferir e pedir bênçãos ao Pai. Use sua língua para edificar, para orar, para cantar e interceder e nunca para fofocar e por fogo na existência de nenhum se seus irmãos. Use sua língua com moderação. Que nossas línguas não incendeiam e sim que acalmem o fogo da maldade com a mensagem refrescante do evangelho que "é o poder de Deus para a salvação para a salvação de todo aquele que crê" (cf. Romanos 1:16). Os salvos usam a língua para bendizer o Senhor e para edificar seus irmãos, por isso, use bem sua língua e testemunhe que você é do Senhor e tem a mente de Cristo. Nosso Senhor nos ensinou que a "boca fala do que o coração está cheio", e assim precisamos nutrir nosso coração com as boas novas, para que nossa língua seja sempre abençoadora.

Não seja um incendiário (a) com sua língua, pelo contrário, seja um bombeiro que apaga o fogo com a mensagem do evangelho, a água viva que jorra de nós. Seja fonte que apaga o fogo!
Bauru - SP
Textos publicados: 24 [ver]

Os artigos e comentários publicados na seção Palavra do Leitor são de única e exclusiva responsabilidade
dos seus autores e não representam a opinião da Editora ULTIMATO.

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.