Apoie com um cafezinho
Olá visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Palavra do leitor

Equilíbrio em tempos de efervescência!

Em Gálatas 3.28, está escrito: "Na família de Cristo não pode haver divisões entre judeus e não judeus, escravos e livres, homens e mulheres. Entre vocês todos são iguais. Isto é, nós todos estamos em um relacionamento comum com Jesus Cristo." (versão A Mensagem).
Dito isto, pensemos em qual momento a igreja começou o processo de amnésia em esquecer-se da igualdade entre os irmãos, e mais do que isso, do respeito e amor para com os de fora. Se todos somos iguais, porque o Reino parece estar dividido, em alas de preferência, como se o próprio Deus a quisesse assim?

Pensemos, meus caros a respeito de toda dor e sofrimento, mas consideremos também nossa pontual falta de sensibilidade para com o Outro ao nosso lado. Nossas palavras e pregações tem sido uma prática neste mundo que tanto carece do manifestar do poder de Deus? Quero deixar ao caro leitor a proposta de uma reflexão sobre os tempos que estamos vivendo, onde uma profusão de ideias, palavras e atitudes tem sido pulverizadas das mais variadas formas, sem no entanto, muitas vezes promover mudança alguma.
Pondero a marcante ausência do famoso equilíbrio e sensatez, que são derivados da sabedoria, algo que o nosso bom Deus, nos dá de "graça", mesmo que muito disponível, pouco usada. Em Provérbios 3.21-24, diz que (parafraseando), devemos guardar conosco a sensatez e o equilíbrio, sem perdê-los de vista, pois estes promoverão em nós, vida, e os reflexos dessa vida, alcançará outros.

Para finalizar esse breve texto, peço a você, caro leitor, que repense sua existência a partir daquilo que a Palavra de Deus nos diz, com o exemplo de Cristo: "(...) Cristo Jesus veio ao mundo para salvar os pecadores, dos quais eu sou o pior." (1 Timóteo 1.15).

Retornemos ao estado de servos, que nos leva ao serviço do reino de Deus para aqueles que ainda estão perdidos, àqueles que ainda não encontraram, e por isso não partilham conosco o pão da vida.
Rio De Janeiro - RJ
Textos publicados: 1 [ver]
Os artigos e comentários publicados na seção Palavra do Leitor são de única e exclusiva responsabilidade
dos seus autores e não representam a opinião da Editora ULTIMATO.

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.