Apoie com um cafezinho
Olá visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Palavra do leitor

Cuidado, você está sendo filmado!

Hoje em dia vislumbramos, em toda parte, uma plaquinha com os dizeres "Cuidado, você está sendo filmado!", o que é verdade, pois o fato é que temos tido ciência de pessoas flagradas por câmeras externas; isso facilitou muito a polícia na identificação daqueles que cometem crimes.

Alguns textos da Palavra de Deus, também, deixam isso muito claro; duas observações do Senhor Jesus, narradas pelo evangelista Lucas assim o dizem:

"Nada há oculto, que não haja de manifestar-se, nem escondido, que não venha a ser conhecido e revelado" (Lucas 8.17).

"Nada há encoberto que não venha a ser revelado; e oculto que não venha a ser conhecido. Porque tudo o que dissestes às escuras será ouvido em plena luz; e o que dissestes aos ouvidos no interior da casa será proclamado dos eirados" (Lucas 12.2).

Postava eu, diariamente [hoje nem tanto] vídeos com reflexões bíblicas; em um deles citei que o Apóstolo Paulo disse: "Sede meus imitadores como também eu sou de Cristo" (1 Coríntios 11.1), o que necessita ser verdade em nós, os cristãos; pode parecer orgulho ou vaidade, mas na vida de Paulo era verdade e é necessário que o seja [verdade] também em nossa vida cristã.

Nesse vídeo, também afirmei que devemos ter procedimentos coerentes com os ensinamentos do Senhor Jesus, pois somos observados e imitados; as pessoas creem mais nos nossos exemplos, nos nossos testemunhos do que naquilo que dizemos, até mesmo porque a fé está, nos dias de hoje, banalizada.

O Senhor Jesus afirmou: "E, por se multiplicar a iniquidade, o amor se esfriará de quase todos" (Mateus 24.12).

Há mais de 20 anos, tomei uma atitude não errada, mas rara, sobre a qual deveria dar satisfações, explicações a outrem; poderia eu contar umas três "estorinhas" próximas da verdade, ou dizer a verdade genuína a qual, certamente, me prejudicaria; obviamente, optei por dizer a verdade na sua íntegra e, pela graça de Deus, fui bem recebido e até elogiado.

Infelizmente temos que admitir, pois é o comum hoje na sociedade e até mesmo no nosso meio cristão, as pessoas cometerem faltas, malfeitos e, depois, mentirem para não se darem mal com aqueles a quem devem satisfações, obediência, fidelidade.

Quando essa situação nos atinge, nos prejudica, devemos seguir o exemplo do Senhor Jesus, que ficou calado diante das Autoridades, nada disse em sua defesa; sabia Ele e até disse, versículos acima transcritos, que a verdade, mais dias, menos dias vem à tona, é descoberta, é revelada. NADA ficará encoberto, TUDO será revelado no momento [tempo] de Deus.

Na condição de cristãos, se é que almejamos alcançar a vida eterna, devemos agir coerentemente com a Palavra de Deus em nossa diária ação cristã:

• no que ensinamos (Mateus 28.19),

• no que pregamos (Marcos 16.15),

• no que testemunhamos (Atos 1.8).

Devemos sempre ter em mente que "De Deus não se zomba; pois aquilo que o homem semear, isso também colherá [ceifará]" (Gálatas 6.7), por isso os nossos procedimentos, se somos cristãos verdadeiros, devem ser, sempre, "para a glória de Deus", e somente para a glória dele, conforme nos ensina a Sua Palavra:

"Portanto, quer comais, quer bebais ou façais outra coisa qualquer, fazei tudo para a glória de Deus" (1 Coríntios 10.31).

Assim, é importante saber que inventar "estorinhas", mascarar a verdade não glorifica ao Deus que servimos, e é prudente deixarmos essa nefasta prática de lado!

Inconcebível, inimaginável, inadmissível, inaceitável é que em nossa ação cristã, entre um passo e outro, pratiquemos erros, cometamos falhas, incorramos em pecados contra o nosso Deus e Pai, contra o nosso próximo e, até contra nós mesmos.

"Cuidado, você está sendo filmado" é o título de hoje, e, de fato, Deus está de olho em nós conforme nos mostram alguns textos da Escritura Sagrada:

"Os olhos de Deus estão sobre os caminhos do homem e veem todos os seus passos. Não há trevas nem sombra assaz profunda, onde se escondam os que praticam a iniquidade" (Jó 34.21).

"Os olhos do SENHOR estão em todo lugar, contemplando os maus e os bons" (Provérbios 15.3).

"Porque os olhos do Senhor repousam sobre os justos, e os seus ouvidos estão abertos às suas súplicas, mas o rosto do Senhor está contra aqueles que praticam males" (1 Pedro 3.12).

Afinal, diz a Palavra de Deus: "Sois raça eleita, sacerdócio real, nação santa, povo de propriedade exclusiva de Deus, a fim de proclamardes as virtudes daquele que vos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz" (1 Pedro 2.9).

Sim, somos raça eleita, sacerdócio real, nação santa, povo de propriedade exclusiva de Deus não para satisfação do nosso "ego", não para a realização dos nossos desejos carnais, não para reinar o nosso egoísmo [primeiro eu, depois os outros], mas para proclamarmos, ensinarmos, pregarmos, testemunharmos a Palavra de Deus conforme nos comissionou o Senhor Jesus minutos antes de sua subida ao Céu (Atos 1.8).

Reflitamos seriamente nisto!
São Paulo - SP
Textos publicados: 810 [ver]

Os artigos e comentários publicados na seção Palavra do Leitor são de única e exclusiva responsabilidade
dos seus autores e não representam a opinião da Editora ULTIMATO.

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.