Apoie com um cafezinho
Ol? visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Palavra do leitor

Cantando o amor e a primavera

"As flores estão crescendo e chegou o tempo de os pássaros cantarem nas árvores. Já se ouve o arrulhar da rola. A figueira começou a dar os primeiros frutos, as videiras florescem. Que fragrância deliciosa elas têm!" (Cantares 2.12 e 13)

Setembro começou chuvoso, mas agora esquentou. Com a chegada da Primavera espera-se que a temperatura melhore, que as flores desbrochem e os versos saiam das "gavetas" e pousem sobre os papéis e as telas. Que haja aquarela e moça na janela, que se ouça de novo a canção da Primavera. Que a Primavera não esteja apenas no calendário, nas perspectivas, mas que ela seja viva e risonha como quem ama e sonha e se faça presente em nossa vida. Que as alamedas floridas encantem o nosso dia a dia e o nosso caminhar. Que o cantar dos pássaros se ouça com o seu gorjeio que encanta e espalha tanta poesia.

Com este preâmbulo inicio a minha dissertação no auge de meus 64 anos, mas ainda. pela graça do Senhor, vivendo a primavera da vida. Salomão nos encanta com os poemas, seus cânticos e seus provérbios. Como grande sábio que era ele cantava a primavera e hoje muitos ainda a cantam através das músicas, dos versos e das reflexões. É incrível essa arte de escrever porque escrever é, sobretudo, sentir e viver a realidade que poucos sentem e vivem. É um dom, mas também é um esforço e uma luta que se trava contra a preguiça e o cansaço, a chuva e o mormaço, o tédio para o qual muitas vezes não há remédio. Quando comecei foi esporádico, apenas por brincadeira, não fui um militante, um gritante, um exigente, um líder que se impõe com o seu linguajar e as suas letras, nem sei por que comecei. Na roça, na choça, no curral, no pasto onde pasta o gado cercado de cerca de arame farpado, lá comecei e não parei mais.

Mas eu falava de Salomão e da Primavera, da tão esperada estação das flores em profusão, dos cantos e das poesias, do sol que irradia e da chuva que faz brotar a erva. Salomão nos deixou a sua obra prima, seus cantares que ainda hoje agitam, sua Sulamita, sua emoção e o seu coração. Setembro é o mês que marca o início da Primavera, a conhecida estação florida, metáfora da vida, do sonho, da beleza e do amor. Li Provérbios, Eclesiastes e Cantares e um dia ouvi um pastor dizer que não se deve ler Cantares, que o seu teor não é aconselhável porque fala de amor no sentido carnal, segundo nos disse o pastor, logicamente bem intencionado. Eu era jovem e fiquei com medo de ler, mas ao mesmo tempo fiquei curioso. Li às escondidas e gostei. As figuras, o romance, os desencontros, a poesia, os versos cheios de calor e de rubor e a fantasia. Salomão também falou da Rosa de Saron, que depois eu fiquei sabendo que era uma figura de Jesus.

Muita coisa me impressionou com a leitura, mergulhei no poesia salomônica e não parei mais. Tanto tempo se passou desde que eu era um principiante em literatura e pouco escrevia, mas sabia que esse era o meu dom. Hoje sou aplaudido por alguns e ignorado por muitos, mas falo o que eu gosto e graças a este gosto, a esta atividade, fui conhecido e reconhecido como Jornalista. Mas isto não é o mais importante: o mais importante é Jesus, a Rosa de Saron, o Lírio dos Vales, a Estrela da Manhã, o Alfa e Ômega, princípio e o fim, como vemos no Livro do Apocalipse. Quando falamos em Primavera estamos nos referindo a algo belo, lindo e encantador. Salomão nos fala de flores que estão crescendo, de pássaros que estão cantando nas árvores e se ouve o arrulhar da rola. Fala da figueira, dos seus primeiros frutos, das videiras que florescem e exclama: "Que fragrância deliciosa elas têm!".

Pensar em Jesus é bom. Salomão falava dele nos seus cânticos e na sua poesia. O crente não precisa falar mais nada, mas não pode deixar de falar de Jesus. Que Ele seja o nosso assunto e siga junto conosco embelezando mais a nossa Primavera, o nosso dia a dia, a nossa vida. Que assim seja!
Mogi Guaçu - SP
Textos publicados: 473 [ver]

Os artigos e comentários publicados na seção Palavra do Leitor são de única e exclusiva responsabilidade
dos seus autores e não representam a opinião da Editora ULTIMATO.

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.