Apoie com um cafezinho
Olá visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Palavra do leitor

Razão da fé não é fé da razão

Sem fé é impossível agradar-lhe (Hb 11:6)

Sua fé tem uma razão, uma explicação. De sua fé desdobra-se uma razão lógica. É isso que te dá segurança diante do Pai: Uma fé firme em um Deus bondoso, todo poderoso e real. Não são as certezas lógicas, mas é a boa e velha fé.

Poderíamos falar que Deus é a única coisa plausível ao nosso entendimento e que se alguém nos convencesse de algo melhor, ou nos provasse que estamos errados, estaríamos dispostos a mudar. Isso poderia parecer até humildade, mas não é. Isto só é falta de fé. Por isso não podemos nos apoiar em nosso próprio entendimento, mas devemos confiar só no Senhor, e de todo nosso coração. É o mundo que se apoia em suas vãs filosofias, já o crente se apoia na Palavra de Deus.

"O que faço não entendes". Pedro não entendia por que o Messias prometido lavaria seus pés. Também não entendemos muitas coisas que Deus fez e faz. Não podemos entender tudo. Nem Deus exige isto de seus filhos. O que Ele exige é fé, confiança.

"O meu povo foi destruído, porque lhe faltou o conhecimento" – Evidentemente devemos conhecer Deus. Devemos conhecer sua Palavra. E até temos que entendê-la bem. E isso se dá de forma lógica. Não há outro meio para isso. Não é atoa que São João escolheu a palavra "Logos" para definir o Verbo da Vida, a Palavra da Vida. Deus é Logos, a Palavra de Deus é lógica.

Para não sermos destruídos precisamos entender, temos que ter conhecimento.

"Errais, não conhecendo as Escrituras, nem o poder de Deus." O conhecimento da Palavra de Deus, daquilo que Deus fala irá alimentar nossa fé e eventualmente também nosso entendimento, nossa razão.

Conhecer o poder de Deus é um conhecimento lógico. Sim, mas é também um conhecimento que excede todo entendimento. É um conhecimento experimental, relacional, que gera confiança e certeza. Não por ser um sistema bem encadeado de pensamentos e axiomas. Mas por ter seu lastro no caráter da pessoa de Deus.

"Não se estribe em seu próprio entendimento." Por quê? Pela simples razão de que nosso entendimento, ainda que seja o único canal que temos para avaliar nosso mundo, é eventualmente falho.

Por isso quando a razão falhar – e fatalmente falhará – Deus jamais falha. Por isso nossa fé deve estar só nele. Em sua pessoa. Daí surge um novo e melhor entendimento. Por exemplo, no Deus dos impossíveis. A Ele então toda glória!
Fürth - EX
Textos publicados: 287 [ver]
Site: http://teologia-livre.blogspot.de/

Os artigos e comentários publicados na seção Palavra do Leitor são de única e exclusiva responsabilidade
dos seus autores e não representam a opinião da Editora ULTIMATO.

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.