Apoie com um cafezinho
Olá visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Palavra do leitor

A enquete

Alguém fez a seguinte enquete: "O que você faria se soubesse que ia ter só mais um ano de vida?". As respostas foram as mais diferentes, algumas foram até engraçadas. Todas foram no sentido de fazer o bem, visitar pessoas, abraçar alguém, fazer as pazes com alguém, enfim, realizar os seus desejos e cumprir alguma obrigação, ou algo que ficou pendente. Se alguém me fizesse essa pergunta, a minha resposta provavelmente seria: Eu não ia fazer nada diferente, viveria normalmente fazendo aquilo que eu sempre fiz sem me preocupar em ser o que eu nunca fui. Afinal, um ano de vida faz parte de toda uma vida, é a continuidade da vida e nada mudaria acerca daquilo que eu faria. Ninguém sabe se vai viver mais um ano, ou mais um dia, ou uma semana, ou um mês. A vida é como pingos enchendo uma vasilha: é preciso muitos pingos e um dia a torneira seca, isto significa que a nossa "vasilha" já está cheia.

Eu penso assim, gosto da vida, mas não tenho medo da morte, pois tenho certeza que depois desta vida há uma outra vida infinitamente melhor do que esta e esta certeza ninguém me tira. A vida é um dom e um presente de Deus. Ninguém escolhe o dia que vai nascer e ninguém sabe o dia que vai morrer. Tudo é um mistério, um caso sério que envolve as pessoas e muita gente não gosta de falar sobre isto. Eu já ouvi alguém dizer: "Eu nunca gostei daquele pastor porque ele fala muito da morte". A morte é mais certa do que o nascimento, muitas pessoas não conseguem nascer, são vítimas do aborto natural ou espontâneo, ou são mortas através do aborto. Mas todos que nasceram um dia vão morrer. Quem nunca perdeu um parente, ou um amigo e até hoje sente a sua falta? Já perdi pai, mãe e muitos parentes e amigos ao longo da vida e, no entanto, ainda estou por aqui aguardando a minha hora. Só pelo fato da morte ser um descanso já é algo vantajoso. Eu não posso dizer para onde as pessoas vão depois da morte porque isto depende de cada uma, mas devo ter a convicção que quando eu morrer irei descansar nos braços do Senhor.

Uma das questões mais discutidas entre os religiosos é exatamente para onde a pessoa vai após a morte. Alguns dizem que a pessoa vai para o purgatório, um estado intermediário, e fica lá enquanto os amigos ficam aqui rezando missas para ele sair de lá. Outros dizem que o espírito desencarnado fica rodando por aqui habitando em algum corpo, outros dizem que a pessoa dorme até o dia da ressurreição e ainda outros dizem que a alma vai para o sofrimento, ou para o descanso e fica aguardando o dia da ressurreição. Enfim, há muita confusão, pois cada um interpreta a Bíblia de um modo. Acho isto elementar e sem embasamento bíblico. Para o crente não fará nenhuma diferença para onde ele vai, pois ele tem certeza que, para onde for, estará com Jesus. Na verdade, essas conclusões só criam mais confusões na mente das pessoas. No comentário em epígrafe alguém fez uma enquete: "O que você faria se soubesse que ia ter só mais um ano de vida?". As respostas foram muitas, mas não foram robustas, não foram conclusivas até porque a vida é um todo e não apenas um ano, ou mais. Claro que as pessoas deram a sua opinião, mas a minha, como deixei bem claro, seria muito diferente. Afinal, temos a vida toda para decidir o que vamos fazer e não iremos definir em um ano toda a nossa vida.

Devemos estar atentos porque poderemos ir através da morte, mas também poderemos ir através da volta iminente do Senhor Jesus. Por isto devemos vigiar e orar sem cessar. Não é uma enquete que vai resolver a nossa situação, mas é a nossa firmeza e confiança no Senhor. Que Deus abençoe! Que estejamos preparados para subir, quer seja através da morte, ou através da vinda do Senhor no ares.
Mogi Guaçu - SP
Textos publicados: 508 [ver]

Os artigos e comentários publicados na seção Palavra do Leitor são de única e exclusiva responsabilidade
dos seus autores e não representam a opinião da Editora ULTIMATO.

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.