Olá visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Opinião

O Apocalipse e a imaginação em Eugene Peterson

Dando continuidade à campanha “Está Faltando Imaginação”, que marca o lançamento de Leituras Diárias das Crônicas de Nárnia, de C. S. Lewis, selecionamos trechos preciosos do livro “Trovão Inverso”, do conhecido pastor e escritor Eugene Peterson, autor da Bíblia A MENSAGEM e Um Ano com Jesus, um entusiasta da criatividade e da imaginação para compreender melhor a fé cristã. Confira.


Eugene Peterson
, em Trovão Inverso*.

A imaginação cristã é fecunda na criação de imagens que levem a entender Cristo como o primeiro, o último e o centro. Essas imagens são sempre moldadas com o metal das Escrituras para expressar o que é necessário no momento e no contexto para enfocar a fé em e por meio de Jesus. (p. 68)

(O livro do) Apocalipse não contribui com o testemunho apresentando instruções ou ensinando a fazer uma apologia coerente da fé. Contribui com imaginação, fortalecendo o espírito com imagens que nos mantém como foi recomendado: “... mantenham-se firmes, e que nada os abale. Sejam sempre dedicados à obra do Senhor... “ (1 Co 15.58). (p. 152)

Apocalipse, em grande parte, prepara a imaginação para levar a sério os perigos que residem na tribulação e na tentação e ao mesmo tempo entender a maravilhosa segurança e assim, permanecer firme no meio do mal e saber resistir a ele. (p. 151)

“A imaginação é nosso caminho para penetrar na imaginação divina e nos permite enxergar inteiramente – com integridade e santidade – o que antes víamos como disperso; com ordem, o que considerávamos aleatório.” *[Wendell Berry, Standing by words (San Francisco: North Point Press, 1983), p. 90] citado por E. Peterson, Trovão Inverso, (p. 18)

A consciência racional e científica moderna criou uma forma de atrofia para a imaginação e, consequentemente, uma compreensão limitada para a revelação bíblica. (Ricardo Barbosa no prefácio do livro Trovão Inverso, p.11)

Uma parte considerável das escrituras é composta de textos poéticos, e muitos conceitos são apresentados na forma de metáforas. Além da tarefa de compreendê-los em seu contexto histórico, geográfico, cultural e literário, eles são um convite ao exercício da imaginação, que é fundamental para a compreensão dos mistérios divinos. (Ricardo Barbosa no prefácio do livro Trovão Inverso, p.11)

O ataque satânico mais sutil e mais constante aos que andam com Deus em nosso meio se dá por meio da subversão da palavra. Há uma separação discreta entre a imaginação e a Palavra de Deus, e passamos a considerá-la uma maravilhosa obra impressa, ao mesmo tempo que vai se apagando toda percepção de que ela foi pronunciada pelo Deus vivo. (p.39)

“Einsten afirmou, certa vez, que a imaginação é mais importante do que a inteligência.”* Isso significa que não pode haver pleno uso da intiligência sem imaginação. (p.38) *[(Eugene Peterson usou citação feita por R.R. Browne, Ministry of the word (Philadelphia: Fortress Press, 1976), p.115]

Eis por que a imaginação é tão importante. A imaginação é a capacidade interna de reunir, arranjar e conectar todos os dados da existência numa totalidade correta e adequada. Não se pode desprezar o intelecto, mas cabe à imaginação a obra mais pesada na adoração. (p. 243)

Um dos dons de Apocalipse é apresentar Cristo de uma forma que nossa imaginação é capturada pela visão de “cristoligizar” incansavelmente as Escrituras. Isso significa discernir com seriedade as linhas que levam a Ele. (p.56)

Nota: “Trovão Inverso”, publicado em 2005 pela Editora Habacuc, está fora de catálogo.
Textos selecionados por Jony Wagner de Almeida.

Leia mais
Um Ano com Jesus
Leituras Diárias das Crônicas de Nárnia

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Leia mais em Opinião

Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.