Apoie com um cafezinho
Ol? visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Notícias

Mato Grosso do Sul lidera estatística macabra contra indígenas

(ALC) Levantamento preliminar do Conselho Indigenista Missionário (Cimi) aponta o assassinato de 53 indígenas em nove Estados brasileiros no ano passado. Apenas no Mato Grosso do Sul foram 40 casos.

Em maio, o Cimi divulgará o relatório com dados sobre violações aos direitos indígenas, invasões de terra, assassinatos, desassistência, baseado em informações de comunidades indígenas e da imprensa.

A situação mais grave, no momento, é a do povo Guarani Kaiowá, no Mato Grosso do Sul, que, segundo denúncias do organismo vinculado à Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, é vítima de genocídio.

A falta de terra e o confinamento em pequenas aldeias são as principais razões para o registro macabro de 34 suicídios de guaranis kaiowás no ano passado, de uma população de 40 mil pessoas.

Em 2008, políticos e latifundiários sul mato-grossenses fizeram forte pressão contra o início de estudos antropológicos para identificação de terras ao povo Guarani Kaiowá. O governo federal cedeu, em parte, a essas pressões.

O preconceito, a disputa por terras para o agro e hidronegócios são as causas dessas agressões em que, em alguns casos, o próprio Estado, por meio da polícia, é o agressor, denuncia o Cimi.

Na avaliação do Conselho, 2008 ficou marcado pela intensa campanha racista contra os povos indígenas nos principais meios de comunicação de massa, o que constata nas reportagens e informações em torno dos processos judiciais sobre terras da Raposa Serra do Sol, em Roraima, dos Pataxó Hã Hã Hãe, na Bahia, e dos Guarani Kaiowá no Mato Grosso do Sul.

Em comparação a 2007, quando foram registrados 92 casos no país, o número de assassinatos caiu cerca de 40%, mas aumentaram os suicídios no Mato Grosso do Sul. Em 2007, o Estado registrou 22 casos contra 34 no ano que passou.

Fonte: www.alcnoticias.org


Leia o livro
A Questão Indígena, Isaac Souza e Ronaldo Lidório, org.

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Leia mais em Notícias

Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.