Apoie com um cafezinho
Olá visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Palavra do leitor

Uma carona inesperada

"Alegre-se muito, cidade de Sião! Exulte, Jerusalém! Eis que o seu rei vem a você, justo e vitorioso, humilde e montado num jumento, um jumentinho, cria de jumenta." (Zacarias 9.9)

Estava refletindo sobre o instrumento que Jesus usou para entrar em Jerusalém, o texto disse que o Rei vem montado num jumento, um jumentinho cria de jumenta. Um cenário inédito para aquele animal, como não destacar a importância da presença de Jesus, a diferença que ele pode fazer em qualquer jornada.

Nos evangelhos podemos ver essa profecia de Zacarias se cumprindo, através da Entrada Triunfal de Jesus em Jerusalém.(Lucas 19.28-40) Estamos diante da última semana de Jesus em forma humana, Jesus tinha acabado de ressuscitar Lazaro, depois da ressureição de Lazaro muita gente começou a seguir Jesus e também o povo queria ver Lazaro.

O contexto da Entrada Triunfal era esse, tinha uma multidão que seguia Jesus, quando chega em Jerusalém mais gente, e o povo começa a clamar e dizer "Bendito o rei que vem em nome do Senhor", "Hosana, Hosana". Era em um domingo na sexta-feira Jesus ia ser crucificado.

Podemos pensar, mais porque Jesus não escolheu uma carruagem armada, poderosa, ou então um cavalo branco, foi escolher logo o jumentinho que se comparando ao cavalo ele era inferior. O jumento era um animal difícil pra ser domado, um animal teimoso, empacador, arisco. O jumento tinha seus benefícios pra ser besta de carga, estudiosos dizem que na época o jumento era um animal além de barato, fácil de criar no sentido de comida e água, mais pra montar e diante desse contexto a gente sempre pensa no cavalo. Ainda mais essa multidão que esperava um Jesus político, libertador social, um guerreiro que fosse entrar em guerra contra Roma.

A Entrada Triunfal com o jumentinho, primeiro era pra cumprir a profecia de Zacarias que dizia que o rei ia vir montando num jumento, e, segundo, o cavalo como entrada triunfal era um símbolo dos romanos. Entrada Triunfal de Jesus não foi à luz de Roma. Na cultura do oriente médio o animal do rei era uma jumenta. Podemos destacar a jumenta de Balãao, (Números 22.21). Davi tinha um jumento, quando Davi passou o trono, Salomão entrou na cidade montado nesse jumento de Davi. (1 Reis 1.38-39).

Analisando o texto da entrada triunfal, podemos ver algumas possibilidades, aos olhos humanos de dar errado pra Jesus conseguir entrar em Jerusalém. Apareceram os donos do jumento que questionaram os discípulos, também um jumento que não tinha sido domado nem estava preparado para ser montado, de repente já e lançado vestes sobre ele. Outra situação o jumentinho estava diante de uma grande multidão, imagina o tanto de pessoas, o povo começa a louvar é jogar suas vestes, nos outros evangelhos citam que jogaram também ramos no caminho. Tudo isso, diante da natureza daquele animal, a possiblidade pra aquele jumento estranhar com aquilo tudo e empacar, é parar no meio do caminho, mas isso não aconteceu.

Não sabemos o que aconteceu com esse jumentinho, mais sabemos que com Jesus ele foi até o destino final, entraram em Jerusalém passaram pelo povo e chegaram ao templo. A presença de Jesus foi essencial. Temos que a cada dia considerar a presença de Jesus preciosa é fundamental. A cada dia querer mais de Cristo é entender que a presença dele é maravilhosa pra nossa vida. Com Jesus esse jumentinho se tornou útil. Em Cristo o homem encontra valor, encontra uma identidade, encontra uma direção.
Mineiros - GO
Textos publicados: 2 [ver]
Os artigos e comentários publicados na seção Palavra do Leitor são de única e exclusiva responsabilidade
dos seus autores e não representam a opinião da Editora ULTIMATO.

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.