Apoie com um cafezinho
Ol? visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Palavra do leitor

Tragédia em Janaúba - MG. O Mundo está de cabeça pra baixo.

. Ana Clara Ferreira Silva, 4 anos;
. Luiz Davi Carlos Rodrigues, 4 anos;
. Juan Pablo Cruz dos Santos, 4 anos;
. Juan Miguel Soares Silva, 4 anos.

Estas crianças estão precocemente no Céu. Foram mandadas para lá por alguém que não conheceu ou não acreditava no amor e na misericórdia. Morreram queimadas por alguém que deveria tê-las protegido. Elas não vão crescer, se casar, viver aqui na terra. Seus pais não terão a alegria de acompanharem seu desenvolvimento. O Motivo? Segue-se:
"E, por se multiplicar a iniquidade, o amor de muitos se esfriará."
Mateus 24.12

Este texto está em um livro muito vendido e pouco vivido. Conhece? A Bíblia. Desde os primórdios ela e a história nos relatam (a bíblia também prevê) atos de crueldade. A maldade se expressa desde Cain até hoje. Mas estamos vivendo um tempo onde as atrocidades se revelam com requintes de crueldade extrema e cada vez mais frequente. O mundo parece está de "cabeça pra baixo". Crianças morrendo em oceanos fugindo de guerras; terrorismo, corrupção, chacina em Las Vegas (e outras inúmeras). Políticos que defendem (e que são) bandidos. Pedófilos que se dizem artistas, dramaturgia propagadora do inverso e minoria que não quer apenas direitos iguais mas superiores. O mundo está de cabeça pra baixo! Mas, o céu continua real e disponível. O Problema é que este parece ser um assunto antiquado. Pouco popular. O céu não é interessante para esta geração. Uma geração que diz ser válida "toda forma de amor" mas que não ama de nenhuma. Uma geração que não apenas ignora os princípios da moral e educação cristã mas zomba, escarnece e quer o direito de continuar a desrespeitar tais princípios. Um país que até em seu dinheiro diz acreditar em Deus, mas age como se Ele não existisse. A verdade é que a palavra "Deus" nas cédulas de real parece estar no lugar certo, pois é lá mesmo que está o "deus" de muita gente. Por esse "deus dinheiro" se mata. E hoje em dia até sem ele. Enquanto se ignora a Deus, a sociedade ignora o fato de que está a sucumbir. Não é Deus quem causa isso. Pelo contrário, Ele quer oferecer a via certa para os causadores. O povo é que continua querendo se afastar d’Ele e ficar a mercê do acaso. O "mundo morre" mas o povo continua a festejar ao som do funck, forró pornográfico, ou seja lá qual outra porcaria. Enquanto se luta por "liberdade" a sociedade está escrava de suas escolhas tolas e ignora o fato de que ela só existe quando se tem Deus. Não nas escritas, mas no coração. É a falta d’Ele nos corações a causa de tudo isso. A verdade é que apesar desta desgraça, Ana Clara, Luiz Davi, Juan Pablo, Juan Miguel e tantos outros inocentes, estão melhores do que nós agora. Esses pequeninos estão vendo ao Pai. E muitos de nós o estamos ignorando. Oro para que O Espírito Santo console os pais e familiares destes pequeninos. Que os faça viver apesar da dor e que ela sare logo. Oro pelos que estão ainda no hospital e oro para que a gente se lembre do final do versículo acima: "Mas aquele que perseverar até ao fim, esse será salvo" Mateus 24.13 Infelizmente constato que ao invés disso, por não crerem no céu, os homens estão transformando a terra no inferno.
Em Cristo e com pesar;
João Pessoa - PB
Textos publicados: 18 [ver]

Os artigos e comentários publicados na seção Palavra do Leitor são de única e exclusiva responsabilidade
dos seus autores e não representam a opinião da Editora ULTIMATO.

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.