Apoie com um cafezinho
Olá visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Palavra do leitor

Tirar fotos

Hoje isso é uma arte, uma profissão, mas é também um passatempo, uma distração e uma higiene mental. Quem gosta faz disto um vício e até uma provocação. Quem gosta vai gostar sempre mais e acaba tirando foto até de uma formiga ou de um mosquito. Vou confessar: eu sou vidrado nisto. Não sei sair sem levar a minha máquina, de repente pode pintar alguma coisa, se não tiver outra coisa eu tiro foto de mim, dando um sorriso ou fazendo uma careta. O que não falta é motivo para essa minha aventura. Tem gente que me critica e eu falo em resposta: "Você pode estar fazendo coisa bem pior e ainda não percebeu". Não estou maltratando nem agredindo ninguém com isto. Quando viajo vou preparado porque sei que terei um dia cheio de oportunidade para tirar ou bater belas fotos. Gosto de me fotografar, fazer selfies em diferentes poses e depois curto minhas caras e bocas. Como costumo sempre fazer comparações, levo isto para dentro da vida como se fosse algo sério e às vezes é. Uma foto retrata um momento e esse momento é único e pode ser o último na vida da pessoa. Portanto, foto não é só brincadeira: é, sobretudo, coisa séria. Coloco fotos nas redes sociais, algumas são bem curtidas e até comentadas, mas outras talvez nem são vistas. Não gosto de me arrumar para tirar fotos, tiro fotos de camiseta, só não gosto de tirar sem camisa, acho uma exposição boba e até ridícula. De camiseta fico bem, me sinto bem, ademais com esse calor que chega perto de 40 graus. Já devo ter tirado umas 15.000 fotos, mais ou menos. Esse assunto se expande, leva pra longe, viaja no peito. Em 2016 eu fui ao Rio e não levei a máquina com medo de que alguém a roubasse, depois me arrependi, achei o Rio tão tranquilo, atravessei a ponte, fui até Niterói, voltei de barca, dei umas voltas na Praça 15, passei perto da ALERJ, mas não entrei. Conversei com muita gente, sou bem comunicativo e recebi uma aula de como me comportar no Rio. Mas nada de fotos! perdi mais esta oportunidade, espero que tenha uma próxima. Enfim, estou falando de fotos, que é uma invenção bem recente. Antigamente havia pinturas, esculturas e as fotos que vemos hoje são pinturas feitas por famosos pintores, ou alguns desconhecidos. Eu gosto também de falar de metáforas e foto é uma boa metáfora. Uma fotografia da vida, de um momento, de um acontecimento, fotografar um poema na mente, ter uma mente fotográfica, receber e guardar um verso, fotografar um sonho, um carinho, guardar uma lembrança como uma foto na mente. Lembrar de um lugar que ficou gravado, fotografado em nossa mente. Há momentos inesquecíveis, fotos que ficam indeléveis e o tempo jamais apagará. tenho isso comigo, viagens, mensagens que ouvi, orações que recebi, carinho que senti, tudo como uma foto real, natural, nos acompanha e nos segue vida a fora. É bom sentir isto, lembrar pessoas caras, marcantes que um dia conhecemos, com as quais convivemos, viajamos e aprendemos. Já passei em muitos lugares, alguns foram esquecidos, outros ficaram eternizados na lembrança. Às vezes uma pequena flor que ganhamos ainda sentimos o seu perfume em nossa mão. Fotografia do tempo, da vida que insiste em nos lembrar certos fatos corriqueiros, porém marcantes. Da minha infância a pessoa que ainda lembro bem é da minha avó Querubina para a qual escrevi um poema há alguns anos e o guardo com carinho. Locais que passei, rios que atravessei, a roça onde trabalhei com seus detalhes, suas marcas, suas flores e seus frutos. Vou continuar tirando fotos. É só um gosto, tenho muitas no meu Face onde aproveito para deixar sempre alguma coisa escrita que fala de mim, que é a minha foto, que é a minha cara. E assim prossigo em frente enquanto Deus me permitir.
Mogi Guaçu - SP
Textos publicados: 520 [ver]

Os artigos e comentários publicados na seção Palavra do Leitor são de única e exclusiva responsabilidade
dos seus autores e não representam a opinião da Editora ULTIMATO.

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.