Apoie com um cafezinho
Olá visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Palavra do leitor

Somos pedras vivas!

Como servos de Deus, somos chamados de pedras vivas nas Escrituras: "1 Pedro 2:5 Vós também, como pedras vivas, sois edificados casa espiritual e sacerdócio santo, para oferecer sacrifícios espirituais agradáveis a Deus por Jesus Cristo".

Que sacrifícios são estes? Os versículos anteriores e posteriores ao citado anteriormente, no meu entendimento, referem-se à busca por uma vida de santidade: 1 Pedro 2:10 "Vós, que em outro tempo não éreis povo, mas agora sois povo de Deus; que não tínheis alcançado misericórdia, mas agora alcançastes misericórdia. 11 Amados, peço-vos, como a peregrinos e forasteiros, que vos abstenhais das concupiscências carnais, que combatem contra a alma" ... 1 Pedro 2:1 Deixando, pois, toda a malícia, e todo o engano, e fingimentos, e invejas, e todas as murmurações, 2 Desejai afetuosamente, como meninos novamente nascidos, o leite racional, não falsificado, para que por ele vades crescendo".

Deus não requer sacrifícios incompatíveis com as nossas possibilidades, mas devemos lutar para não realizarmos algo aquém do nosso potencial emprestado por Ele.

Sou alguém que conto com uma saúde frágil, impedido de realizar tarefas básicas no âmbito do meu lar e, muitas vezes, até de sair de casa.

Temos, entretanto, que empregar de forma diligente os nossos dons e talentos à serviço do Reino, aproveitando o tempo e as circunstâncias possíveis para isto.

A tecnologia hoje é também uma ferramenta importante para divulgação do Evangelho e até mesmo para edificação do corpo de Cristo, seja combatendo desvios teológicos ou, por outro lado, incentivando aqueles que estão sendo fiéis às Escrituras em busca da pureza doutrinária e de práticas cristãs que enaltecem o Nome do Senhor e buscam minimizar principalmente (já que os recursos são escassos) as carências materiais, espirituais e emocionais do Povo de Deus: Gálatas 6:10 "Então, enquanto temos tempo, façamos bem a todos, mas principalmente aos domésticos da fé".

Voltando à questão da tecnologia e da sua potencial cooperação também para edificação, correção e ensino do povo de Deus, percebo muitas vezes postagens que expõem intolerância e divisão do "Corpo". E aqui cabe muito bem esta Palavra de advertência: Gálatas 5:15 "Se vós, porém, vos mordeis e devorais uns aos outros, vede não vos consumais também uns aos outros. 16 Digo, porém: Andai em Espírito, e não cumprireis a concupiscência da carne".

É muito mais comum vermos críticas "ácidas" do que aquelas "balsâmicas", estas últimas que trazem cura, alento, conforto, estímulo.

Confesso vir desenvolvendo o hábito de enaltecer aqueles irmãos ou irmãs que se empenham em oferecer textos com temas e conteúdos de extrema importância para a Igreja.

Sigamos, pois, estes imperativos: Romanos 12:10 "Amai-vos cordialmente uns aos outros com amor fraternal, preferindo-vos em honra uns aos outros. 11 Não sejais vagarosos no cuidado; sede fervorosos no espírito, servindo ao Senhor; 15 Alegrai-vos com os que se alegram; e chorai com os que choram"
Recife - PE
Textos publicados: 313 [ver]

Os artigos e comentários publicados na seção Palavra do Leitor são de única e exclusiva responsabilidade
dos seus autores e não representam a opinião da Editora ULTIMATO.

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.