Apoie com um cafezinho
Ol? visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Palavra do leitor

Só há perdão onde reside o Amor

O Senhor Jesus ensinou a orar recitando a oração que chamamos de "Pai Nosso", outras vezes de "Oração Dominical"; nessa prece Ele orienta sobre o perdão com a expressão "Perdoa as nossas dívidas [ofensas] ‘assim como’ nós perdoamos aos nossos devedores [ofensores]" (Mateus 6.12).

Se não é nosso hábito perdoar aqueles que nos ofendem, estaríamos orando assim: "não perdoe as nossas dívidas ‘assim como’ não perdoamos os que nos devem."

Após terminar a oração, que estava ensinando, o Senhor Jesus ainda insistiu: "Porque se perdoardes aos homens as suas ofensas, também vosso Pai Celeste vos perdoará; se, porém não perdoardes aos homens [as suas ofensas], tampouco vosso Pai vos perdoará as vossas ofensas" (Mateus 6.14-15).

Em outra oportunidade, Ele disse: "Se, pois, ao trazeres ao altar a tua oferta, ali te lembrares de que teu irmão tem alguma coisa contra ti, deixa perante o altar a tua oferta [não necessariamente financeira, mas de serviço, de vida], vai primeiro reconciliar-te com teu irmão; e, então, voltando, faze a tua oferta" (Mateus 5.23-24).

Em outro momento, o Senhor Jesus disse: "Amai os vossos inimigos e orai pelos que vos perseguem" (Mateus 5.44).

Como, pois, perdoar se não existe amor? E como amar se inexiste o perdão? Será que estamos sendo sinceros quando dizemos "perdoo, mas não esqueço?"

Disse Tertuliano: "Você quer ser feliz por um instante? Vingue-se; você quer ser feliz para sempre? PERDOE!" (sic).

Marghanita Laski, famosa romancista e crítica inglesa, do Século 20, que nunca escondeu seu ateísmo, disse: "O que eu mais invejo nos cristãos é o perdão que receberam; não tenho ninguém para me perdoar" (sic).

Como dizer amo a Deus, a quem não vimos, se não amamos o próximo a quem nós vimos? Deus, através de João, em sua primeira carta, adverte:

"Se alguém disser: Amo a Deus, e odiar a seu irmão, é mentiroso; pois aquele que não ama a seu irmão, a quem vê, não pode amar a Deus, a quem não vê. Ora, temos, da parte dele, este mandamento: que aquele que ama a Deus, ame também a seu irmão" (I João 4.20-21).

Reafirmo o título deste texto: "Só há perdão onde reside o amor."

Pense nisto!
São Paulo - SP
Textos publicados: 583 [ver]
Site: http://www.sefiel.com.br

Os artigos e comentários publicados na seção Palavra do Leitor são de única e exclusiva responsabilidade
dos seus autores e não representam a opinião da Editora ULTIMATO.

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.