Apoie com um cafezinho
Olá visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Palavra do leitor

Sem vida, embora sobejo conhecimento

O Antigo Testamento revela o relacionamento de Deus com uma nação, um povo. É a geração chamada em Abraão, que alcançou no Novo Testamento (como a Nova Criação) todas as outras nações e todos os povos da terra. Há muita clareza nas escrituras mostrando a busca de Deus por seu complemento. E tudo começa com um casal. Na geração de um dos seus netos alguns descendentes se voltaram para Deus invocando Seu nome como Senhor (Gn 4:26).

Deus sempre intervirá na humanidade suprindo-a naquilo em que o conhecimento do bem e do mal degradou. Abel fez como aprendera de seu pai e foi assassinado por seu irmão, que optou por outro aprendizado (dêem atenção a esse pormenor), embora certamente tenha ouvido a história do cordeiro cuja pele cobrira a nudez dos seus pais.

Um dotado clérigo (ausente desta seção) já ironizou este articulista por haver mencionado o Eden e as duas árvores. Todavia, como o arbítrio é uma dádiva divina, aqueles que se determinam a ponderar, poderão lidar com esse assunto confrontando-o com a Biblia. Chegarão à triste conclusão que o fruto da Vida sequer foi comido pela primeira familia.

As duas árvores são uma proposta mística (não confundir com "misticismo"): a Árvore da Vida é uma figura de Cristo, o Pão da Vida. Quem é atento percebe que comida e bebida são assuntos bíblicos recorrentes. Evidentemente, uma árvore fornece Vida, e a outra, conhecimento (subentende-se: morte). A Biblia é misteriosa e precisamos ler Efésios 1:17.

Gênesis inicia-se com um óbice: a terra "não era", e sim, "tornou-se sem forma e vazia"; João 14:2 é interpretado equivocadamente como "muitas moradas no céu". Supostamente, por coisas assim o clérigo citado menosprezou a abordagem das duas árvores. Há crentes que abjetam o primeiro casal, mas tomam para si as bençãos prometidas a ele. Antitético, não? Se distraem do rico e farto celeiro de figuras do Antigo Testamento.

Animais foram criados conforme a espécie; o homem tem forma e aparência do Criador. Uma conferencista neo pentecostal afirmou: "Filho de gato é gato, filho de boi é boi..." mas titubeou no: "quem nasce de Deus é filho de Deus". Medo de Sl 82:6 (Jo 10:34, Rm 8:16)? Que ser o profeta viu em Ez 1:5, 26? E Estevão, em At 7:56? O medo prova que Conhecimento não basta; É a vida que dá ousadia para o salmista, para João, para Paulo e para Pedro (2Pe 1:4).

A Biblia é o romance de Deus à procura do homem, prometendo novos céus para uma nova terra, embora as distrações do cristianismo multifacetado anunciem o contrário. Fica evidente que o fruto da árvore do conhecimento, cuja fonte é o bem e o mal, dividiu a primeira familia e divide o povo de Deus até hoje. Não ignorem que Babel originou-se do fugitivo Caim e de sua cognição alheia a Deus. Tal cidade (ou fundamento) é a contextualizada Babilônia na era cristã.

Mataram Abel, que ouvia e honrava o pai; crucificaram o Deus Homem (Cl 2:9) que tudo fazia conforme o Pai ensinou. Ocorre que Jesus ressuscitou como o Homem maravilhoso e está na glória! Como o primogênito da Nova Criação tem muitos irmãos que O Pai gerou e, ao contrário do primeiro Adão, Ele é O Espírito que dá Vida (1Co 15:45).

A árvore do Conhecimento está cada vez mais enraigada, frutificando ensinamentos bons, éticos, religiosos, mas alheios ao eterno propósito revelado em Efésios 1:10, 22 e 23. O corpo de Cristo é orgânico e se alimenta do Pão da Vida, rejeitando o fruto ambíguo. "Sem o Corpo de Cristo a Igreja não tem vida, sendo mera organização humana repleta de conhecimento originado de uma fonte que produz o bem e o mal; o mel e o fel".
Goiânia - GO
Textos publicados: 72 [ver]

Os artigos e comentários publicados na seção Palavra do Leitor são de única e exclusiva responsabilidade
dos seus autores e não representam a opinião da Editora ULTIMATO.

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.