Apoie com um cafezinho
Ol? visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Palavra do leitor

Rumo às águas!

Estivemos, nesta semana, estudando [por vídeos na rede social] com os nossos contatos [familiares e amigos] o lindo Salmo primeiro, Palavra de Deus transmitida a nós pelo rei Davi; muito interessante a abordagem gradativa com a qual a pessoa se afasta do pecado, e, por que não dizer, também a ação gradativa do pecado na vida das pessoas.

Hoje, no lugar de ler o versículo terceiro do referido salmo, baseamo-nos no mesmo texto transcrito pelo profeta Jeremias de uma maneira mais clara, mais inteligível; eis os dois textos:

"Ele [o que mantém comunhão permanente com Deus] é como a árvore plantada junto a corrente de águas, que, no devido tempo, dá o seu fruto, e cuja folhagem não murcha; e tudo quanto ele faz será bem sucedido" (Salmo 1.3).

"Bendito o homem que confia no Senhor e cuja esperança é o Senhor. Porque ele é como a árvore plantada junto às águas, que estende as suas raízes para o ribeiro e não receia quando vem o calor, mas a sua folha fica verde; e, no ano de sequidão, não se perturba, nem deixa de dar fruto" (Jeremias 17 7-8).

A figura da árvore junto às águas é para estabelecer uma linha de semelhança, uma analogia com a pessoa que é "plantada" junto a Deus, junto ao Senhor Jesus que é o riacho, que é o ribeiro, que é o rio cujas águas [a Sua Palavra] nos sustentam.

O fato da pessoa, cujo prazer está na Palavra de Deus, na qual ela medita de dia e de noite, não se abalar com as intempéries do tempo, é que lhe garante o alimento espiritual cotidiano, que lhe dá certeza de que nada mesmo pode abalá-la, e ela fica firme, não murcha e nem seca, como a folha que permanece verde.

O fruto é a [s] pessoa [a] que foi por ela evangelizada [s], tendo se convertido ao Senhor Jesus; não precisamos contabilizá-la nem necessitamos fazer estatísticas, até porque a Palavra de Deus nos afirma que "há maior júbilo no céu por um pecador que se arrepende do que por noventa e nove justos que não carecem de arrependimento" (Lucas 15. 7).

A folha que fica verde, apesar da "mudança das estações", é a fé, a fé inabalável em Deus como nosso Pai e como nosso "supridor" das várias necessidades físicas e até mesmo das, e principalmente, espirituais; sem fé é impossível agradar a Deus.

No contexto, essa Palavra se refere à [s] pessoa [s] que dá [ão] prioridade ao crescimento espiritual mantendo sempre uma comunhão com Deus, através da leitura permanente das Escrituras; no dia anterior, ao analisarmos o verso dois do primeiro salmo, apontamos para o que o Senhor Jesus disse:

"Buscai, pois, em primeiro lugar, o seu reino e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas" (Mateus 6. 33); e afirmamos que é a Bíblia que comprova a própria Bíblia; passagens mencionadas em um dos seus sessenta e seis livros são "confirmadas" em outras porções bíblicas.

Pense nisto!
São Paulo - SP
Textos publicados: 582 [ver]
Site: http://www.sefiel.com.br

Os artigos e comentários publicados na seção Palavra do Leitor são de única e exclusiva responsabilidade
dos seus autores e não representam a opinião da Editora ULTIMATO.

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.