Apoie com um cafezinho
Olá visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Palavra do leitor

O milagre pode estar atrás da porta!

Como Jesus Cristo havia profetizado, encontramos a narrativa no capítulo 12 do livro dos Atos dos Apóstolos que os discípulos, já no primeiro século, partilhavam de seu sofrimento, sendo presos, açoitados e até mesmo mortos por conta da sua fé.

Pedro era um prisioneiro importante e talvez estivesse numa ala de segurança máxima, acorrentado desnudo entre dois soldados, vigiado por quatro escoltas de quatro soldados cada uma, as quais respondiam com a própria vida caso houvesse uma fuga (v. 19).

A igreja estava reunida em oração intercessória por Pedro na casa de Maria, mãe de João Marcos (v. 12), porém, considerando que Tiago, irmão de João, tinha sido passado ao fio da espada, receavam que pudesse acontecer o mesmo com Pedro. Entrementes, veio um anjo do Senhor que, acordando Pedro, pediu para ele vestir as roupas e calçar as sandálias, libertando-o das correntes e o conduzindo milagrosamente para fora da prisão.

Pedro, caindo em si, creu que o Senhor tinha enviado um anjo para livrá-lo das mãos de Herodes. Considerando a sua situação, decidiu ir para casa de Maria. Batendo no portão, veio a criada Rode ver quem era. Reconhecendo a voz de Pedro, ela ficou tão alegre que nem o fez entrar.

De uma prédica proferida pelo Pr. Roberto Schuler há uns cinco anos, tomamos nota das seguintes reflexões:

- Acerca das atitudes das pessoas: os cristãos estavam orando incessantemente pela liberdade de Pedro, mas a narrativa de Rode os leva a pensarem que ela estava louca e que tinha visto o "anjo de Pedro". Depreendemo-nos com um paradoxo: as pessoas estavam orando, mas sem acreditar que o motivo da oração pudesse acontecer. Eles oravam por um milagre, o milagre aconteceu, mas não acreditaram. Isso pode acontecer conosco hoje. Certa feita, um grupo de irmãos sertanejos saiu para orar por chuvas, mas somente uma garotinha de 7 anos portava a sombrinha. Somente ela acreditava que o Senhor atenderia as orações após a reunião de oração!

- Acerca da reação de Rode: ela ficou tão alegre quando reconheceu a voz de Pedro, que correu para dentro de casa, ao invés de abrir a porta para o fugitivo. Muitas vezes, diante do milagre evidente, corremos para longe da graça alcançada e nos colocamos diante da "metáfora" do "quase". Às vezes fazemos tudo, mas nos esquecemos de abrir a porta, embora tivéssemos as chaves da esperança e da fé. A história relata que o povo de Deus "quase" esperou por Moisés, mas construiu um bezerro para adorá-lo (Ex 32:1); que Saul perdeu um reino porque "quase" obedeceu (1 Sm 15:35); que o jovem rico "quase" se transformou num discípulo (Mt 19:22); que o rei Agripa "quase" se convenceu (At 26:28). Diante de Deus, o "quase" não existe! Devemos nos entregar totalmente a Ele.

- Acerca da atitude de Pedro: ele continuou a bater na porta. Aprendemos que diante de uma porta fechada, não precisamos desistir, mas insistir, continuar, perseverar, pois poderemos ver a glória de Deus em nossas vidas.

Analogamente, poderíamos dizer que a construção de um navio também se parece com a nossa história de vida, pois a primeira parte a ser vista é o seu "casco", mas imagine o que precisa ser feito internamente! Bem assim somos nós, reflitamos!

No livro O Senhor dos Impossíveis, o Pr. Lloyd John Ogilvie afirma "que o Senhor é especialista em transformar fracassos em sucessos e realizar o impossível em todos nós quando nos defrontamos com as impossibilidades da vida".

O milagre pode estar atrás da porta!

Elias Bispo
Recife - PE
Textos publicados: 2 [ver]

Os artigos e comentários publicados na seção Palavra do Leitor são de única e exclusiva responsabilidade
dos seus autores e não representam a opinião da Editora ULTIMATO.

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.